Isolamento social na região de S. J. do Rio Preto é um dos mais baixos do estado

Posted by at 8:27 Comments Print

Sexta-feira, 01 de maio de 2020

O isolamento social na região de São José do Rio Preto e Catanduva (SP), tem sido um dos mais baixos do estado, segundo dados das operadoras de telefonia móvel. A ação de controle do governo é orientar a população para evitar que novo coronavírus se espelhe ainda mais.

Segundo o Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo, atualizado diariamente, o índice de adesão ao isolamento social no Estado é de apenas 48%, sendo que o recomendado, segundo as autoridades de saúde, é de 70%. Os paulistas e paulistanos estão longe de cumprir essa recomendação, já que o maior indício atingido até agora foi de 59% aos domingos.

Aqui na região noroeste paulista a cidade que mais se próxima desse índice é Votuporanga que atingiu 54%. A região de São José do Rio Preto aparece com apenas 41%.

Catanduva e Araçatuba são as regiões com os menores índices do estado, atingindo apenas 40% de isolamento social, segundo o Sistema. Número este bem próximo do início do isolamento, quando foi registrado 30% das pessoas em suas casas.

A cidade onde há o maior número de pessoas isoladas do Estado é São Sebastião, no litoral paulista, com 64%. De acordo com o governo, o isolamento social evita o contágio por COVID-19.

Apesar dos números de coronavírus estarem baixos na nossa região, a recomendação é para que as pessoas evitem sair de casa. Aqui na região de Rio Preto são 85 casos confirmados por COVID-19 desde o começo da pandemia.

52% dos brasileiros querem isolamento social amplo; já 46% quer a volta ao trabalho

Um levantamento feito pelo do Instituto Datafolha, divulgado na última quarta-feira (29/04/2020) pelo jornal “Folha de S.Paulo”, revela que houve empate técnico entre os brasileiros que são a favor da volta ao trabalho das pessoas que estão fora dos grupos de riscos para Covid-19 e os que defendem a continuidade do isolamento social.

Os que defendem a volta ao trabalho representam 46% dos entrevistados. Já os que apoiam o amplo isolamento social como forma de combate à expansão do novo coronavírus representam 52%.

Em relação aos brasileiros que acreditam que o governo Bolsonaro é ótimo ou bom, 67% querem a volta ao trabalho de quem não está em grupo de risco. O número cai para 26% quando a resposta é dada por quem considera o governo ruim ou péssimo.

Ainda segundo o Datafolha, subiu de 44% em março para 56% a quantidade de pessoas que acham que a população está menos preocupada com o vírus do que deveria. 

Para o resultado da pesquisa, foram ouvidas, por telefone, 1.503 pessoas em todos os estados. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Covid-19 Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts