Instituto Adolfo Lutz investiga duas mortes por dengue em Uchoa

Posted by at 14:40 Comments Print

Reportagem de 04/04/2019

O Instituto Adolfo Lutz investiga a morte de duas pessoas por dengue em Uchoa. O município já enfrente epidemia da doença.

Até agora a cidade ainda tem mais de 500 casos suspeitos e 132 em investigação. Segundo dados da Secretaria de Saúde, cerca de 50 pessoas tiveram ou estão com dengue de janeiro até agora.

As duas vítimas da doença na cidade são do sexo masculino. Os nomes não são divulgados pela secretaria, mas a Gazeta apurou que os homens tinham 39 e 88 anos e vieram a óbito em janeiro e no começo de fevereiro.

Para o secretário de saúde de Uchoa, André Bolssoni, a situação felizmente agora está controlada. “Nós realizamos diversas ações como arrastões, campanhas de conscientização etc. Porém, a principal delas que ajudou nossa cidade demais foi a nebulização com a equipe da Sucen, onde dividimos a cidade em quatro setores e pulverizamos todas as casas em 12 dias”, comenta.

O secretário afirma ainda que há alguns meses a cidade realizava cerca de 70 coletas de sangue para suspeita de dengue por dia, já hoje, este número caiu para apenas três análises/dia.

Bady Bassitt também é outra cidade que decretou epidemia por dengue esta semana. O município de quase 17 mil moradores já tem 134 casos confirmados da doença.

Com o decreto, as prefeituras podem adotar ações como convocar funcionários de outras áreas para trabalhar no combate ao mosquito.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts