Índice de Breteau da dengue aponta apenas três imóveis com larvas em Potirendaba

Posted by at 9:25 Comments Print

O índice de Breteau da dengue de Potirendaba é um dos menores dos últimos anos e também da região. No levantamento realizado pela Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica (CVE) do município aponta que até o final do mês de outubro, a cidade contabilizava apenas três residências com larvas do mosquito Aedes Aegypti.

O índice de Breteau é um valor numérico que define a quantidade de insetos em fase de desenvolvimento encontrados em residências pela quantidade de total vistoriada. O levantamento é utilizado no Brasil pelas coordenadorias de saúde para a determinação de infestação do mosquito da dengue.

Segundo a CVE, ao todo foram vistoriados 469 imóveis da cidade para o levantamento. Destes, apenas em três foram encontrados mosquitos em seu processo de desenvolvimento. Potirendaba possui cerca de 6 mil imóveis e uma população, segundo o IBGE de 2010, 15.449 habitantes.

“Tendo em vista o período de chuvas que estamos iniciando e com a resistência que o pernilongo tem, está muito bom. Foram quase 500 casas visitadas e só encontramos em três delas. É um ótimo índice, mas não podemos descuidar”, alerta a chefe da Vigilância Sanitária da cidade, Páscoa Moretti.

Ano passado Potirendaba enfrentou epidemia da doença com 130 casos confirmados. Em 2015 foram 148 pessoas contaminadas e uma delas morreu. Dulcinéia Peres Vaeza, de 75 anos, morreu com dengue hemorrágica, a forma mais grave da doença, no dia 23 de maio daquele ano.

De janeiro até agora, o município registrou 5 casos da doença. Os infectados foram um rapaz de 26 anos, de Mirassol, um homem no bairro Vila Scarpelli, uma mulher do bairro Morada do Sol, outra do Amadeu Malvezzi e a última também uma mulher moradora do bairro Buquê de Flores.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Destaques Saúde Últimas Notícias , , ,

Related Posts