Incêndio em residência deixa família desabrigada em Potirendaba

Posted by at 16:54 Comments Print

Um incêndio em uma casa na última sexta-feira (18) deixou uma família desabrigada no bairro Luis Pastorelli, em Potirendaba. Segundo a polícia as chamas foram provocadas devido a um curto circuito e toda a residência ficou destruída.

O fogo foi controlado por caminhões pipa de uma usina da cidade e por vizinhos. Por pouco uma casa que faz divisa não foi atingida.

Marisa Cristina Galhardi disse que no momento do incêndio estava com o marido e o filho de 4 anos na casa da sogra. O cunhado dela que mora na residência da frente foi quem ouviu barulhos por volta de 21h45.

O curto circuito começou na sala devido a instalação da casa já estar bastante danificada. Ela conta que já tinha pedido para a dona casa trocar, pois o fio da varanda estava derretendo há dias.

“Só fiquei com a roupa do corpo. Perdi documentos e todos os meus móveis. Agora alugamos uma casa e vamos precisar de força para recomeçar”, diz Marisa.

O marido dela, Luciano Perpetuo Correa, de 31 anos, ao ver o imóvel sendo consumido pelas chamas entrou em estado de choque e desmaiou. Ele foi socorrido e levado para o hospital da cidade onde foi medicado e liberado no dia seguinte.

Durante a reportagem a família alegou que está passando dificuldades e pediu ajuda para a prefeitura. “Pedimos um caminhão para transportar nossa mudança e ajuda com alimentos, mas disseram para nós que como a gente era de Ibirá e nos mudamos para cá tem pouco mais de um mês, deveríamos pedir ajuda em Ibirá e não aqui”, disse Marisa.

A Coordenadoria do Setor Social de Potirendaba informou que foi prestada toda assistência a família e que uma equipe foi até o local horas depois do incidente com roupas e alimentos para toda família. Além disso foi realizada uma campanha para doação de móveis, eletrodomésticos e utensílios em geral.

Informada sobre a resposta da prefeitura, Marisa disse que até agora não recebeu nenhum tipo de ajuda, exceto uma ligação do Setor Social questionando porque ela teria entrado em contato com a Gazeta do Interior reclamando da falta de ajuda.

A prefeitura mantém a afirmação de ajuda.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts