Ibirá e Elisiário tem o combustível mais barato da região da Gazeta; Potirendaba tem o mais caro

Posted by at 10:04 Comments Print

As cidades de Ibirá e Elisiário comercializam a gasolina e o etanol com o menor preço das cidades de circulação da Gazeta do Interior. Já Potirendaba é uma das mais caras, até mais que a vizinha São José do Rio Preto.

Uma rápida pesquisa pelos postos da região, nossa reportagem constatou que o litro do etanol em Ibirá e Elisiário é comercializado por R$ 2,659, um dos mais baratos já encontrados nos últimos meses. A gasolina tem uma variação maior de preço, sendo vendida em Ibirá por R$ 3,989 e em Elisiário por R$ 3,899.

Já Potirendaba o preço chega ser maior do que Rio Preto que é investigada por uma comissão de vereadores por praticar autos preços. Em um posto no centro de Potirendaba nossa reportagem encontrou o litro do etanol por R$ 2,999 e da gasolina por R$ 4,15.

Uma diferença de uma cidade para outra de R$ 0,35 no etanol e de R$ 0,26 na gasolina. Se o consumidor abastece um tanque com capacidade para 45 litros de gasolina, isso representa uma diferença de R$ 11,70 no total. Já com etanol a diferença é maior ainda e chega a R$ 15,75 no tanque cheio.

Em postos da rede Ipiranga, em Rio Preto, nesta última terça-feira (06/02/2018), nossa reportagem encontrou o litro do etanol sendo comercializado por R$ 2,799 e da gasolina por R$ 3,899. Já em Tabapuã e Uchoa a gasolina é vendida por R$ 3,999 e o etanol por R$ 2,799.

“Eu trabalho em Elisiário e como passo todos os dias em Ibirá, aproveito para abastecer lá. Infelizmente alguém precisa tomar uma atitude com relação aos preços de Potirendaba”, diz uma comerciante que procurou a Gazeta, mas prefere não se identificar.

A justificativa da Petrobras para os diversos reajustes anunciados nos últimos dias, é que em busca de convergência no curto prazo com a paridade do mercado internacional, analisa a sua participação no mercado interno e avalia frequentemente se haverá manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias. “Sendo assim, os ajustes nos preços podem ser realizados a qualquer momento, inclusive diariamente”, apontou a Companhia em sua página oficial.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Destaques Economia Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts