Hospital de São José do Rio Preto realiza procedimento cardíaco inédito na região noroeste

Posted by at 9:55 Comments Print

Um hospital particular de São José do Rio Preto realizou no começo deste mês de dezembro um procedimento cardíaco inédito na região noroeste do estado de São Paulo. O dispositivo chamado MitraClip para corrigir falha no funcionamento da válvula mitral foi inserido via cateter no coração de uma paciente de 82 anos.

A doença que compromete a circulação de sangue pelo corpo, causa sintomas como cansaço, falta de ar e inchaço nos pés e tornozelos. O procedimento foi realizado no Austa Hospital, com médicos da própria entidade e também dos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

De acordo com o médico cardiologista, Luiz Antonio Gubolino, o procedimento é considerado a melhor alternativa para tratar a insuficiência da válvula mitral em pacientes de idade avançada, com alto risco para se submeter à cirurgia cardíaca e/ou portadores de câncer ou problema pulmonar.

“É o ideal por ser minimamente invasivo, ou seja, por não necessitar abrir o tórax, diferentemente da cirurgia convencional, que oferece risco maior para estes tipos de pacientes, sendo, às vezes, até contraindicado”, afirma.

A insuficiência ocorre quando os dois folhetos que compõem a válvula mitral ficam flácidos e não fecham adequadamente, permitindo que o sangue retorne ao átrio esquerdo do coração. “Os folhetos funcionam como aquelas portas típicas de bares do velho oeste. Quando funcionam mal, o sangue volta para o átrio esquerdo e impede que o fluxo que vem do pulmão já oxigenado faça o caminho normal, causando falta de ar”, explica outro cardiologista, Márcio Santos.

No procedimento realizado no dia (07/12/2018), os médicos fizeram um corte de cerca de 3 milímetros (chamado punção) na veia femoral, na altura da virilha, por onde introduziram o cateter que levou o MitraClip, a estrutura milimétrica em cuja extremidade havia uma espécie de clipe, semelhante a um prendedor de roupa. Quando alcançada a válvula mitral, o médico aplica o clipe e prende os dois folhetos em sua porção central, permitindo o fluxo sanguíneo, porém, sem que retorne ao átrio esquerdo.

(Foto: Divulgação)

Destaques Saúde Últimas Notícias , ,

Related Posts