Hospital de Potirendaba cria plano de contingência para receber pacientes de COVID-19

Posted by at 10:48 Comments Print

Segunda-feira, 30 de março de 2020

O Hospital Assistencial de Potirendaba divulgou um plano de contingência para receber pacientes de coronavírus. Novos protocolos e fluxo de atendimento foram adotados.

De acordo com o diretor da instituição, Osvaldo Ariosi, a fim de planejar estratégias para o enfrentamento ao Covid-19, o Hospital elaborou um plano de contingência e novos protocolos e fluxo de atendimento interno.

“Para garantir proteção aos funcionários do Hospital, foram montados kits com materiais de proteção para cada situação e setor de atendimento. Os kits são  fornecidos diariamente, e são composto com material de proteção individual”, explica.

Para evitar a aglomeração e fluxo de pessoas dentro da entidade, o hospital suspendeu os atendimentos de especialidades e reduziu o horário de visitas aos pacientes internados.

Ainda segundo com o diretor, foram realizadas contratações para reforçar a equipe de limpeza e equipe de enfermagem, possibilitando o atendimento de pacientes com sintomas gripais através de uma equipe direcionada.

“Através de novo fluxo de atendimento, foram disponibilizados recepção, consultório e sala de medicação exclusiva, além da disponibilização de leitos para possíveis internações de casos com COVID-19”, diz.

Segundo um dos médicos da instituição, Nelson Seixas, pacientes com o novo coronavírus são classificados em três tipos de grupo: leve, moderado e grave. Potirendaba hoje tem capacidade para receber os três grupos.

“O paciente classificado como leve é aquele que apresenta um resfriado ou uma febre, ele vai ser medicado e ficará isolado em casa por 14 dias. O paciente com classificação moderada chegará com falta de ar, febre e sintomas mais graves, onde ficará internado no hospital, também em isolamento. Já o paciente com classificação grave é aquele que apresenta insuficiência respiratória grave, necessita de ventilação mecânica e entubação”, explica o médico.

O Hospital de Potirendaba possui hoje 10 leitos reservados exclusivamente para pacientes classificados como moderados com a COVID-19 e outros dois de emergência, com ventilação mecânica e entubação.

“Casos classificados como graves, atualmente estamos regulando para o Hospital de Base de Rio Preto, onde uma ambulância do SAMU vem buscar o paciente com todo o suporte necessário”, diz o especialista.

O Hospital de Potirendaba diz que vem observando as orientações de segurança em saúde e atendimento oriundas do Departamento Regional de Saúde (DRS) e Ministério da Saúde, afim de assegurar a proteção dos colaboradores, e atender da melhor forma todos os pacientes.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias

Related Posts