Hospitais de Rio Preto (SP) conquistam selo por boas práticas no enfrentamento da COVID-19

Posted by at 12:24 Comments Print

Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Dois dos maiores hospitais do noroeste paulista, o Hospital de Base (HB) e o AUSTA Hospital, conquistaram um selo em reconhecimento às boas práticas preventivas no enfrentamento do novo coronavírus. Apenas 10 hospitais no Brasil receberam esta certificação. Instaladas em São José do Rio Preto (SP), as duas instituições recebem pacientes de toda nossa região e até de outros estados.

O HB atende pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) das cidades de Bady Bassitt, Cedral, Guapiaçu, Potirendaba, Uchoa, Ibirá e Nova Aliança e outros 95 municípios do noroeste paulista. A instituição recebeu o selo Covid Free Excelente em reconhecimento às boas práticas preventivas no enfrentamento do novo coronavírus, atestando que a instituição possui ambiente seguro, que segue padrões nacionais e internacionais estabelecidos nos manuais da certificação.

Tal certificação preza não só pelo ambiente seguro, mas pela saúde de pacientes diagnosticados com a COVID-19, além daqueles com as demais doenças e todos os colaboradores que lidam com atendimento direto ao público.

O selo Covid Free é uma forma de tranquilizar todos aqueles que terão contato com o ambiente hospitalar, fazendo com que se sintam acolhidos e protegidos nas dependências do Complexo.

O Manual de Boas Práticas Preventivas para o Enfrentamento do Coronavírus foi desenvolvido pelo Comitê Científico do IBES (Instituto Brasileiro para Excelência em Saúde), composto por profissionais especializados no sistema de saúde, baseado em referências científicas mundiais adaptadas à realidade brasileira.

O processo de certificação é dividido em três etapas: diagnóstico, certificação e manutenção. Durante o diagnóstico foram avaliados 115 itens, em diversas seções, e o HB estava em conformidade com todos os itens analisados. O hospital também foi a instituição de saúde pioneira a receber o selo na região Noroeste Paulista e o 4º do Brasil.

De acordo com o manual os detalhes avaliados foram:

distanciamento físico;
higiene e limpeza;
equipamentos de proteção;
monitoramento de saúde;
deveres e direitos dos trabalhadores;
treinamento;
comunicação;
planos de emergência.

Até agora, o complexo Funfarme já realizou mais de 130 mil exames de PCR e mais de 2 mil pacientes diagnosticados com a Covid-19 já tiveram alta.

O AUSTA hospital que atende pacientes da rede particular também conquistou o selo na cidade. O Ibes conferiu o selo Covid Free ao constatar que a instituição atua para oferecer ambiente seguro a todos os pacientes, acompanhantes e pessoas que passam pelo centro médico, assim como também a seus profissionais e prestadores de serviços.

“Adotamos normas sanitárias internacionais, adaptamos o hospital para atender todos os requisitos necessários e assegurar risco mínimo de transmissão às pessoas que necessitem estar no ambiente hospitalar. Esse tipo de reconhecimento muito nos orgulha. Somos um dos dez hospitais do Brasil a receber este selo”, declara o presidente do Grupo AUSTA, o médico cardiologista Mário Jabur Filho.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Covid-19 Destaques Últimas Notícias

Related Posts