Homem morto por policiais em Ibirá (SP) tinha problemas psiquiátricos, diz família

Posted by at 10:49 Comments Print

Será enterrado nesta terça-feira (31/03/2020), o corpo do homem de 50 anos que tentou matar uma investigadora e acabou sendo morto pela polícia nesta última segunda (30), em Ibirá (SP). Segundo a família ele tinha problemas psiquiátricos.

De acordo com o boletim de ocorrência, o homem era investigado por ser suspeito de ter cometido um furto, anteriormente, no bairro São Benedito. Em diligência, a investigadora então teria ido até o bairro e tentado abordar o suspeito que caminhava pela rua.

O homem que portava uma faca, partiu para cima da policial, onde ela teria acionado a Polícia Militar. Instantes depois, os PM’s andavam pelo bairro e teriam tentado abordar o suspeito, onde ele teria resistido à abordagem e partido para cima do policial com a faca.

Ainda segundo a versão do boletim de ocorrência, outro policial teria sacado a arma e efetuado um disparo que teria acertado o peito da vítima.

Um sobrinho do homem ouvido pela Gazeta diz que o tio sofria de esquizofrenia e depressão, e, já tinha sido internado em uma clínica psiquiátrica há dois meses. Ele fazia uso de medicação controlada, mas nunca teria apresentado histórico de agressão.

“Conversei com algumas pessoas próximo do local do crime que contam uma versão diferente da polícia. Uma mulher que teria presenciado a ação contou que meu tio tentou correr e o policial teria atirado pelas costas”, diz o sobrinho.

O rapaz fala ainda que equipes de um Posto de Saúde próximo tentaram socorrer a vítima e foram impedidas pela equipe policial. “Os policiais disseram que não era para se aproximar e que o SAMU já tinha sido acionado. Quando os profissionais chegaram no local, ele ainda tinha sinais vitais, onde ele foi levado para o hospital, tentaram reanimar ele por mais de uma hora e meia, mas infelizmente devido ao tiro ter atingido o coração, ele acabou não resistindo”, conta.

Segundo o delegado que cuida do caso, Wander Luciano Solgon, um inquérito policial já foi instaurado. “Agora nós vamos colher os depoimentos, requisitamos exame necroscópico da vítima e vamos dar prosseguimento no inquérito”, explica.

Próximo do local do crime, câmeras de segurança podem ter registrado a ação, o que facilitará o trabalho de investigação da polícia.

O corpo da vítima está sendo velado no cemitério de Ibirá e o enterro está previsto para às 17h desta terça (31).

(Foto: Colaboração leitores)

Cidades Destaques Últimas Notícias

Related Posts