Homem é preso em Uchôa com carga roubada de 25 toneladas de leite em pó e máquinas avaliadas em R$ 1,5 milhão

Posted by at 9:51 Comments Print

Um homem foi preso no fim da tarde desta última sexta-feira (17), em Uchôa, suspeito de fazer parte de uma quadrilha de roubo de carga. 25 toneladas de leite em pó, caminhões, herbicidas e máquinas foram apreendidos.

Através de denúncia, policiais militares rastrearam uma carga de leite que estava escondida em um barracão do bairro São Miguel, na cidade. De acordo com os policiais, o caminhão com o produto tinha sido roubado, há 20 dias, em Nova Granada, onde bandidos armados renderam o motorista em um posto de combustíveis, levado o veículo e abandonado o condutor em um canavial.

No barracão que pertence ao comerciante André Luiz do Nascimento, de 33 anos, os policiais localizaram as 25 toneladas de leite em pó, 15 máquinas hidráulicas avaliadas em mais de R$ 100 mil cada, um caminhão, uma carreta e uma moto com numeração raspada. No total, toda a mercadoria vale mais de R$ 2 milhões.

Ainda no galpão, os policiais encontraram embalagens com herbicida e uma betoneira que era utilizada para adulterar o produto. Tudo era embalado no local e revendido pela quadrilha.

Sobre as máquinas, o comerciante alegou para os policiais ter comprado de uma empresa que faliu e por isso não tem a nota fiscal. Já o leite e os caminhões ele disse que são de amigos que pediram para deixar no barracão, porém diz que não sabe o nome dos amigos, além de não apresentar as notas da mercadoria.

Para o major da Polícia Militar, Jorge César Tonolli, o que chama a atenção da polícia é o local em que a mercadoria era depositada para então ser revendida. “Trata-se de uma quadrilha muito bem articulada. Eles usavam Uchôa por ser uma cidade com índice criminal muito baixo para não chamar a atenção e então depois revender a mercadoria”, diz.

O suspeito foi preso em flagrante por receptação, adulteração de chassi e pode responder ainda por roubo de carga e adulteração de produtos. André foi levado para a cadeia de Catanduva (SP).

Na manhã deste sábado (18), policiais com a ajuda de funcionários da prefeitura de Uchôa continuam trabalhando no local para a retirada dos produtos. Toda a mercadoria foi apreendida e agora a polícia tenta identificar os proprietários.

(Foto: Diogo De Maman/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts