HB de Rio Preto (SP) recebe van que vai percorrer região para diagnóstico de doenças do fígado

Posted by at 14:58 Comments Print

Quarta-feira, 24 de junho de 2020

O Serviço de Transplante de Fígado do Hospital de Base (HB) de São José do Rio Preto (SP), recebeu da Associação de Rotarianos uma van adaptada para Diagnóstico de Doenças do Fígado. A Unidade Volante será para tratamento de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) de Rio Preto e região.

O intuito é percorrer as 101 cidades, incluindo as sete da Gazeta – Bady Bassitt, Cedral, Guapiaçu, Potirendaba, Uchoa e Nova Aliança. A Unidade vai visitar estes municípios triando e mapeando a população para descobrir possíveis pacientes com doenças hepáticas.

“A grande importância desta Unidade é que agora vamos fazer uma busca ativa por pessoas que possam ter doenças no fígado. E esta é a grande vantagem, já que as hepatites e outros problemas do fígado são silenciosos e quando se descobre uma doença, ela já está bem avançada”, diz o médico, Renato Silva, chefe do Serviço de Transplante de Fígado do HB.

O médico afirma ainda que com a Unidade agora é possível triar o paciente antes de ele apresentar sintomas e, com o diagnóstico precoce, evitar que ele desenvolva outras doenças secundárias ou até mesmo, que precise de um transplante futuramente.

A cerimônia de entrega aconteceu no último sábado, (20/06), e estiveram presentes líderes dos Clubs Rotary de Rio Preto, bem como o Governador do Distrito 4480 (que é a sede coordena todas as unidades da associação). A aquisição e adaptação da Unidade Móvel faz parte do projeto rotário internacional e teve como participantes dez Rotary Clubs de Rio Preto e de outros parceiros internacionais, como o Canadá.

O valor investido na unidade, segundo o HB é de R$ 377.374,59. “O Rotary é uma associação internacional de voluntários que trabalha para promoção de ações humanitárias. Entendemos a imensa importância e diferença que este projeto fará na saúde de milhões de pessoas na região de Rio Preto. Por isso, é com imenso prazer que doamos esta Unidade Móvel para o HB, pois sabemos da qualidade dos Serviços desta instituição”, disse o membro do Rotary Club Cinquentenário que coordenou o projeto, Roberto Barillari de Freitas.

“Nós agradecemos a todos os envolvidos dos diversos Clubs do Rotary. Esta pandemia vem nos mostrando que a solidariedade é a principal aliada da Saúde e que transforma de maneira indescritível a vida das pessoas. Muito obrigada em nome de toda Fundação”, finaliza a diretora administrativa do Hospital de Base, Amália Tieco.

Atividades da Unidade Volante de Diagnóstico de doenças hepáticas

“A população identificada como do grupo de risco será submetida a exames com o propósito de achar as doenças em seu estágio inicial, principalmente a gordura no fígado, hepatites e fibroses que são bastante preocupantes”, esclareceu, Rita de Cássia, médica hepatologista do Serviço de Transplantes de Fígado do HB.

Planejamento e implementação do projeto

“O planejamento do projeto foi realizado para ser desenvolvido em quatro fases. Estamos, portanto, na finalização da terceira fase, com a entrega da UNIDADE MÓVEL e a implantação do projeto, entrando para a quarta e última fase que é o operacional, quando o projeto se finalizará e obterá resultados, estes serão analisados e as atividades da VAN passarão a ser uma atividade de rotina do Hospital de Base”, explica o coordenador geral de finanças e relatórios do projeto no Rotary, Gerson Januário.

(Foto: Colaboração Hospital de Base)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts