Guilherme Meucci que matou empresário na rodovia Washington Luís será julgado pela 2ª vez

Posted by at 9:57 Comments Print

Mais de sete anos depois de ter matado um empresário, o jovem, Guilherme Meucci Soares, de 28 anos, vai ser julgado pela segunda vez nesta quinta-feira (03/10/2019). Condenado a 14 anos de prisão por homicídio duplamente qualificado, em 2017, até agora ele não passou nenhum dia preso se quer.

O julgamento está marcado para as 13h30 desta quinta-feira, no Fórum Central de São José do Rio Preto. Guilherme que é representante comercial será julgado apenas pelo crime de homicídio doloso, cuja pena varia de seis a 20 anos de prisão.

No dia 04 de julho de 2017, o réu já tinha sido condenado a 14 anos de prisão em regime fechado por homicídio duplamente qualificado. O júri durou quase cinco horas e a defesa recorreu da decisão ao Superior Tribunal de Justiça, onde conseguiu a anulação da sentença com base no argumento de que em crime de trânsito não se pode aplicar qualificadoras.

O acidente:

Na madrugada do dia 21 de abril de 2012, Guilherme teria saído de um casamento e dirigido o carro na contramão da rodovia Washington Luís e provocado um grave acidente.

Ele teria batido de frente com o empresário, Rodrigo Fernandes Pereira, de 33 anos, que seguia de Cedral para São José do Rio Preto. Rodrigo morreu na hora e Guilherme ficou internado no Hospital de Base de Rio Preto, mas se recuperou.

Dentro do carro de Guilherme policiais encontraram uma garrafa com resto de vinho. Devido ao seu estado grave no dia do acidente, ele não passou pelo teste do bafômetro.

(Foto: Marco Antonio/Diário da Região-arquivo)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts