Golpe do clone de WhatsApp tem se tornado comum em cidades da região

Posted by at 8:42 Comments Print

Sábado, 24 de outubro de 2020

O golpe do clone do WhtasApp tem se tornado um crime cada vez mais frequente em cidades aqui da nossa região. A prática consiste quando um criminoso passa a controlar seu aplicativo de mensagens e começa a enviar mensagens para seus contatos, se passando por você e pedindo dinheiro.

Foi exatamente isso que aconteceu com um casal de empresários de Cedral (SP) que prefere não ser identificado. Após o anúncio de um produto no site OLX, os golpistas causaram um enorme transtorno para suas vidas.

“Meu marido anunciou o produto e pouco tempo depois recebeu uma ligação de um homem que supostamente era funcionário da OLX e precisava confirmar o código recebido no celular. Confiando na pessoa, meu marido passou o dele e também o meu celular, onde me ligaram e eu também caí no golpe”, explica.

Após controlar os aplicativos do casal, os golpistas começaram a entrar em contato com todas as pessoas de suas agendas, inclusive seus familiares. Para alguns eles pediam depósitos ou transferências bancárias.

“Para meu cunhado, usaram o Whats do meu marido e pediram R$ 1 mil, onde falaram que era para pagar a escola da minha filha que estava atrasada e eu estava com vergonha de pedir o dinheiro. Meu cunhado não ligou para meu marido para confirmar, pois achou que era verdade e acabou depositando”, relata a mulher.

Para outras pessoas eles utilizam a mensagem: “Oi, tudo bem? Tô precisando de uma ajuda sua. Fui fazer uma transferência, mas como já paguei uns boletos de manhã, fiquei sem limite. Você consegue pagar da sua conta pra mim e amanhã eu já te devolvo sem falta?”.

Segundo a Polícia Civil, o crime tem se tornado cada vez mais comum aqui na nossa região. Em Potirendaba, pelo menos uma pessoa por semana procura a delegacia da cidade para comunicar o crime, porém, nem todo mundo chega a registrar a ocorrência.

Ainda de acordo com a polícia, as pessoas procuram a delegacia com o intuito de saber como recuperar o controle do aplicativo, mas, na maioria dos casos, é praticamente impossível identificar os autores, já que os criminosos utilizam o número das próprias vítimas.

O Procon alerta os consumidores para terem cuidado com o golpe que tem se tornado cada vez mais comum, principalmente em cidades aqui do noroeste paulista. O consumidor não deve enviar o código em hipótese alguma. É importante ainda habilitar a “verificação em duas etapas” no whatsapp: clicando em “configurações”, “conta” e “verificação em duas etapas”.

“Nesse momento de pandemia, os golpes pela internet e redes sociais explodiram. É preciso que o consumidor desconfie sempre, redobre a atenção e nunca forneça senhas ou sequência de números”, destaca Arnaldo Vieira, diretor do Procon em São José do Rio Preto (SP).

Caso tenha sido vítima do golpe, a pessoa deve entrar em contato com [email protected] e pedir a desativação temporária da conta. 

Como recuperar WhatsApp clonado:

A primeira ação é pedir a verificação da conta via SMS (mensagem de texto tradicional). Depois disso, reinstale o WhatsApp, entre com seu número de telefone e confirme o código de seis dígitos que você vai receber via SMS.

O tempo de resposta da equipe do WhatsApp leva em torno de 48 horas, mas pode levar até 1 dia.

(Reportagem publicada na Edição impressa da Gazeta do Interior do mês de setembro de 2020)
(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts