Gazeta devolve plano de governo para prefeitos; Jamil e Gislaine já cumpriram mais de 40%; Claudio não respondeu

Posted by at 9:52 Comments Print

Gislaine já cumpriu 40% do Plano de Governo em apenas um ano depois de reeleita

O que muitas pessoas pensam que fica apenas no papel, a Gazeta do Interior bate na porta dos gabinetes dos prefeitos e cobra respostas dos executivos das três principais cidades de circulação do jornal.

Nossa reportagem enviou o Plano de Governo prometido nas eleições de 2012 aos prefeitos de Potirendaba, Tabapuã e Uchôa para que eles respondessem com alternativas de concluído, não concluído, até o fim do mandato, ou até o ano que vem.

Prefeita de Potirendaba reeleita, Gislaine Montanari Franzotti (PMDB), prometeu 84 itens entre saúde, educação, saneamento básico, segurança, trânsito, agricultura e geração de empregos. Na maioria das categorias, Gislaine já cumpriu boa parte de cada.

Das 84 promessas, ela já cumpriu 34 delas. De janeiro desse ano, até agora, Franzotti entregou 40% do mandato que deve durar até 2015. 50 promessas ainda não foram concluídas.

Nas questões de múltipla escolha, Gislaine disse que 21 das promessas ainda estão em andamento. Outras 22 ela não deu prazo para serem concluídas. 15 ela disse que serão cumpridas até o fim de 2014 e outras 14 até o fim do ano do mandato.

Umas das promessas de campanha da prefeita e bastante aguardadas pelos alunos é a aquisição de um computador por aluno e a implantação de lousas digitais em todas as salas de aula. A executiva disse que até o fim do mandato isso será feito.

Outro benefício aos alunos é a instalação de ar condicionado nas salas de aula e que até o ano que vem, segundo Gislaine, serão colocados nas escolas.

Para o fim do mandato, Franzotti promete a construção de mais 200 casas populares. O que pode ser uma das maiores obras da história de Potirendaba é a construção de um anel viário. Segundo a prefeita, a obra está em fase de recape e ampliação, mas não estipulou prazo para a entrega do serviço.

Outra promessa sem prazo de entrega é a implantação do Departamento Municipal de Trânsito. Potirendaba tem hoje pouco mais de 16 mil habitantes e já vive um colapso nas áreas principais da cidade. Horários de pico, sábados e domingos e não ter mais onde estacionar no centro foi alguns dos problemas mostrados aqui na Gazeta.

Cinco promessas importantes na área de Saneamento Básico foram feitas por Gislaine. A perfuração de mais poços, a recuperação de painéis e bombas, automatização dos poços, construção de um novo emissário de esgoto e interligação dos poços e caixas d’águas ainda não foram cumpridos e ela não estipulou prazo para isso.

Segundo a prefeita, as obras são de um projeto da Fundação Nacional de Saúde, a Funasa, e estão aguardando liberação. Porém não estabeleceu prazo.

Ponto importante já concluído por Gislaine foi o patrulhamento 24 horas na cidade inteira pela Guarda Municipal. A própria Gazeta já mostrou aqui várias ocorrências apoiadas ou deflagradas pela guarda, além de reduzir drasticamente o índice de furtos na cidade.

Convênio recém-assinado pela prefeita e que já está sendo cumprido é a contração de mais médicos para a cidade. No programa “Mais Médicos”, do Governo Federal, Franzotti conseguiu trazer para Potirendaba mais especialistas para atenderem a população na área da saúde.

Gislaine já conquistou também recurso para a aquisição de um aparelho de mamografia que está aguardando a liberação do Ministério da Saúde, pois a cidade tem menos de 50 mil habitantes.

Para a geração de empregos, a prefeita prometeu a instalação do Distrito Industrial III e a implantação de um sistema de Segurança e Logística para esse Distrito. Ela disse que até o fim desse mandato será entregue para os potirendabanos, gerando assim mais trabalho e renda para o município.

De quando foi eleita em 2008, Gislaine, dobrou a arrecadação financeira da cidade. De R$ 24 milhões no mandato anterior, o valor previsto para fechar agora em 2013 é de R$ 47 milhões, um aumento de 95%.

Outro ponto de destaque no “Governo Gi”, é que no início do primeiro mandato da prefeita, Potirendaba tinha 4,713 mil imóveis. Em dezembro deste ano, a cidade tem 7,219 mil edificações, um aumento de 2,5 mil.

Além do Plano de gestão de Gislaine, a prefeita tem em andamento a construção de creches, cobertura de quadras, reforma integral do prédio da delegacia e muito mais. (LA)

Jamil já cumpriu 55% do Plano de Governo em um ano

O prefeito de Tabapuã, Jamil Seron (PSDB), não poupou promessas em campanha e para o bem da população, a maioria já foi cumprida no primeiro ano do mandato. A reportagem da Gazeta mandou de volta ao prefeito 198 itens prometidos entre saúde, segurança, educação, jovens, habitação, esportes, urbanização, cultura, assistência social, terceira idade, meio ambiente, economia e participação do cidadão.

Jamil respondeu ao nosso questionário 110 vezes que já está feito, o que representa 55% de todas as promessas, outros 40 itens foram respondidos que até o ano que vem estarão concluído, o que representa 20%. Já 38 itens, Jamil garante que terminará até o fim do mandato que vai até 2015. E 10 promessas feitas em campanha, 5% do prometido, o prefeito não deu prazo de quando vai concluir.

Das promessas pendentes na área da saúde, Jamil disse que a partir do mês que vem, reabrirá o Laboratório de Análises Clínicas com a contratação de mais um biomédico e vai adquirir equipamentos de última geração.

Entre os itens que o prefeito afirmou estar concluídos está a reestrutura do pronto-atendimento, mantendo serviços 24 horas compatíveis com a necessidade da população e a implantação de um sistema que tenha mais controle na distribuição de medicamentos para os pacientes de baixa renda.

O maior elefante branco da cidade de Tabapuã, sem dúvida, é o anfiteatro que está parado há cinco anos. A obra começou em 2007 e foi orçada em mais de R$ 5 milhões com recursos do Governo Federal. O atual prefeito, Jamil Seron, reeleito em 2013, é quem começou a obra ainda no mandato anterior. Ele disse que provavelmente ano que vem vai entregar a obra pronta para a população. “Já estamos apresentando o projeto ao Governo Estadual e Federal para finalizarmos esse anfiteatro que é de grande importância para população. Até março devemos investir R$ 300 mil do dinheiro que sobrou da educação”, disse Jamil.

Uma promessa cumprida a ser destacada foi a entrega de uniformes e material escolar gratuito para todos os alunos da rede pública de ensino. Os gastos chegaram a R$ 40 mil.

Em assistência social, o prefeito disse que irá criar, até o fim de seu mandato, um Centro de Referência da Pessoa em Situação de Rua (CRPSR) e uma promessa de campanha cumprida foi o aumento a ofertas de programas complementares, como capacitação profissional, alfabetização e cooperativismo.

Na categoria de promessas Segurança, Jamil não deu prazo para implantar o sistema de monitoramento, mas garantiu que concluirá até o fim do seu governo. Outro item sem prazo para a população é a rotatória no entroncamento das vicinais Tabapuã/Olímpia e Tabapuã/Novais. “Nesse caso teremos que fazer convênio com a Secretaria de Transportes do Estado de São Paulo e às vezes pode demorar mais do que gostaríamos”, diz Jamil.

Um dos feitos comemorados pela administração é a criação da escolinha de Hóquei, a primeira cidade da região a promover esse projeto e valorização do futebol com vários campeonatos e copas para diversas categorias.

Na área de habitação, o prefeito prometeu para o ano que vem reduzir o déficit habitacional e eliminar habitações em condições sub-humanas. Por fim, o prefeito deixou para o ano que vem reestruturar o Centro de Lazer da cidade, com construção de, pelo menos, 20 quiosques. Para o ano seguinte deixou também o término da pista de caminhada, reativação do Programa Pesca e Família, piscina e prainha. A Gazeta acompanhará o andamento do o governo das três cidades.

Em Uchôa, prefeito não respondeu questionário

A Gazeta fez contatos via e-mail e por telefone desde o dia 24 de novembro, porém, só na última segunda-feira (9), fomos informados para mandar o roteiro de perguntas por e-mail. Fizemos isso, mas até o fechamento da edição, quarta (13), ninguém havia retornado com as respostas.

O prefeito José Cláudio Martins (PMDB), fez 61 promessas ao todo. Concluídas podemos citar a revitalização do USF Central, reinaugurado em fevereiro, a manutenção do 14º salário para os servidores municipais.

O que já vem sendo feito e provavelmente ficará para o ano que vem é a ampliação do cemitério, a conclusão do velório municipal e a cobertura da quadra da Escola Municipal, Dr. Paulo Birolli Netto. (DM)

A maioria dos itens e muitos deles, bem importantes, a reportagem não conseguiu nenhuma informação sobre como está o andamento das promessas, veja quais são:

Construir USF (Unidade de Saúde da Família) no Bairro São Miguel

Ampliar o atendimento de Ultra-som

Reforma da Escola Municipal Dr. Paulo Birolli Netto

Construção de mais uma Creche no Bairro São Miguel

Instalação de Cursos Preparatórios para Vestibular

Cursos de Capacitação para os Profissionais da Área de Educação

Construção do Ponto de Taxi

Reforma da Rodoviária Central

Reforma da Praça João Birolli com Praça de Alimentação

Construção de uma Avenida do Portal até a Rotatória

Reforma nos Poços Artesianos e instalação de mais Reservatórios para melhorar o abastecimento

Reforma do Prédio da Prefeitura Municipal

Abertura de uma Marginal com 1 km paralela a Washington Luiz em parceria com as Usinas

Instalação de Pontos de Internet gratuita nas Praças: João Birolli e Padre Nicolau Miranda no Bairro São Miguel

Ampliar Programa de Cestas Básicas

Ampliar o fornecimento de fraldas para crianças e idosos

Implantar o Café do Trabalhador Rural

Implantar Circular do Bairro São Miguel até o Morumbi

Reforma do Estádio Leonildo João Birolli

Manter e Ampliar Projetos Esportivos para crianças, jovens e idosos

Construção de 01 Parque Infantil

Conclusão da reforma do Ginásio de Esportes Silvio Birolli, com a Construção da Praça de Esportes com quadra, pista de caminhada, quiosques e equipamentos de ginásticas.

Aquisição de Área para Implantação de Mini Distrito Industrial

Ampliar a Realização de Cursos Profissionalizantes

Instalação de Câmeras em todas as Praças e Entradas e Saídas da Cidade

Criação da Lei Função Delegada que permite atuação de mais Policiais trabalhando no Município

Ampliar as Atividades na Estação Cultura Evanildo Aparecido de Oliveira com a realização de eventos culturais e implantação de cursos de dança, Pintura, música, artesanato e outros

Manter e melhorar a conservação das Estradas Municipais

Aquisição de uma Mini Usina de Leite para atendimento da Merenda Escolar e Idoso

Reformar as Praças que não foram contempladas na gestão anterior

(Fotos: Luiz Aranha/Diogo De Maman/Jonas Garcia – Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts