Funcionária é suspeita de agredir adolescente dentro da prefeitura de Bady Bassitt

Posted by at 14:56 Comments Print

Uma funcionária do departamento administrativo é suspeita de ter agredido um adolescente de 16 anos dentro do prédio da prefeitura de Bady Bassitt. O caso teria acontecido na última sexta-feira (16/02/2018) e a Polícia Civil da cidade já investiga o caso.

A mãe do menino, Gislaine Cristina Sanches Covre, que é moradora de Mirassolândia, conta que trabalha como vendedora ambulante e que teria procurado a funcionária do departamento fiscal para a regularização do alvará e recolhimento da taxa para trabalhar em uma festa realizada pela prefeitura do município.

“Eu já havia conversado com ela um dia antes para efetuar a recolha das taxas e expliquei pra ela que eu precisava garantir meu local porque meu carro estava quebrado. No dia seguinte fui à prefeitura, por volta de umas 14h45, quando ela disse que a gente já não tinha mais espaço e já começou a ofender eu e meu filho. Gritou com a gente, mandou a gente embora e mandou chamar a polícia pra nós”, relata.

A autônoma conta que quando deixava a sala da funcionária, o filho dela, de 16 anos, começou a chamar pela mãe afirmando que havia levado um tapa nas costas e sido retirado à força do local. “Eu trabalho como ambulante há vários anos, em diversas cidades da região, mas nunca fui tratada dessa forma. Foi muito humilhante. Nos trataram como um lixo, sendo que eu estava apenas querendo trabalhar”, afirma.

À pedido do menino, a mãe foi à delegacia e registrou o caso. O delegado registrou boletim de ocorrência como injúria e lesão corporal dolosa e solicitou exame de corpo de delito na vítima. Agora a polícia aguarda do laudo para poder dar continuidade na investigação.

A prefeitura de Bady Bassitt disse em nota que ainda não recebeu oficialmente nenhuma notificação referente ao caso e que assim que notificada, tomará as providências cabíveis.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts