Filhos reconhecem mulher encontrada morta em canavial de Bady Bassitt e suspeita é de latrocínio

Posted by at 10:41 Comments Print

Os dois filhos da mulher encontrada morta em um canavial de Bady Bassitt reconheceram na manhã deste sábado (03/03/2017), o corpo encontrado no fim da tarde da última quinta-feira, dia 01/03, como sendo o da mãe deles. Marlene Ana Alves, de 52 anos, de São José do Rio Preto teria saído na noite terça-feira de carnaval de carro e não teria sido mais vista.

Marlene morava sozinha em um condomínio de casas, em um bairro de São José do Rio Preto, e, segundo um filho que prefere não se identificar, ela teria saído com o carro dela, um Polo branco, por volta das 19h no feriado, mas não sabiam onde ela teria ido. Os filhos tentaram ligar para para a mãe, mas não conseguiram contato.

Na tarde do dia 1º, um ciclista que passava às margens de um canavial, na zona rural de Bady Bassitt, próximo ao bairro Vertentes do Sul, encontrou o corpo que estava sem nenhum documento. O delegado da cidade, Ericson Sales Abufares, constatou uma perfuração na testa provocada por um tiro e encaminhou o corpo da vítima ao Instituto Médico Legal (IML) de Rio Preto.

No fim da tarde desta última sexta, o delegado voltou ao local do crime para procurar vestígios como cápsulas de bala, bolsa ou algum objeto pertencente à vítima, mas nada foi encontrado. Através da reportagem publicada pela Gazeta com a foto divulgada a pedido da polícia para reconhecimento é que os filhos puderam identificar a mãe.

A Perícia Técnica fez o reconhecimento das digitais de Marlene que confirmaram ser as da vítima. Os filhos também reconheceram os brincos, as roupas e as meias que a mulher usava no dia em que foi assassinada. “Nós estamos em estado de choque. Não consegui dormir”, desabafa o filho.

O caso foi registrado como homicídio, mas de acordo com a hipótese de que o carro e objetos pessoais da vítima possam ter sido levados no dia do crime, a polícia poderá investigar o crime de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. “Agora nós vamos entrar na casa da vítima para tentar encontrar algum documento do veículo e apurar mais detalhes”, finaliza o delegado.

(Foto: Arquivo pessoal)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts