Festinha da prefeitura de Potirendaba com veículo público causa revolta em moradores e nas redes sociais; confira a repercussão do caso

Posted by at 19:00 Comments Print

A festa organizada pela prefeitura de Potirendaba para gravação de um programa de televisão está causando revolta e indignação nos moradores da cidade. O que chama a atenção é que funcionários públicos e comissionados, em plena terça-feira, ao invés de estarem trabalhando, estavam bebendo e usando um veículo público.

O caso ganhou grande repercussão na cidade e também na região. Vários moradores se revoltaram com o evento que foi realizado nesta última terça-feira (27), na chácara da prefeita da cidade, Gislaine Franzotti.

Nas ruas o assunto logo pela manhã não era outro. “Eu não tenho internet, mas meu neto me mostrou. Engraçado que fazem festa até pra aparecer na televisão, mas não colocam médicos decentes nesse hospital e postos de saúde”, comenta o aposentado Sebastião Aparecido da Fonseca.

A farra denominada pela prefeitura como “esquenta de carnaval”, reuniu cantores sertanejos e um público seleto para o que eles justificam ser a gravação de um programa. A assessoria de imprensa da prefeitura disse em nota ontem que não foram gerados gastos aos cofres municipais, porém questões que não foram respondidas é que funcionários que deveriam estar trabalhando no momento, estavam participando da encenação e com um veículo que além de ser patrimônio municipal, é abastecido com dinheiro público.

Trecho da nota diz ainda que a festa era pública, então leitores questionaram se era pública, porque não tinham sido convidados.

No página da Gazeta do Interior no site relacionamentos mais conhecido do mundo, o Facebook, mais de 18 pessoas revoltadas com o evento comentaram a publicação. A maioria dos comentários pede explicações para a prefeitura como do caso da morte do bebê no hospital da cidade mostrado pelo portal na última segunda-feira 26. “Enquanto isso mães perdendo seus filhos dentro de banheiro de hospital e pessoas perdendo suas vidas nas estradas pela mal conservação”, comentou uma das leitoras.

Trecho de outro comentário diz: “manda ela (prefeita) pegar esse carrinho que tava na farra e andar na cidade que ela vai encontrar muita coisa pra fazer. É até engraçado ver a população com cara de trouxa e a prefeita sambando em plena terça-feira”.

Trecho da lei 8.429/92, diz que uso indevido de veículo público viola os princípios constitucionais da moralidade, legalidade, impessoalidade, do respeito ao patrimônio público, entre outros. Podendo haver condenação por ato de improbidade administrativa, sendo-lhes aplicadas ainda as sanções previstas na lei.

O Ministério Público de Potirendaba ainda não se manifestou sobre o caso.

(Fotos fala povo: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)
(Foto: Divulgação)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , ,

Related Posts