Família do jovem que se afagou em Uchoa pretende pedir indenização na Justiça

Posted by at 12:39 Comments Print

A família de Edilson dos Reis Almeida, 18 anos, que morreu afogado no último sábado (24) na Sociedade Recreativa Uchoense promete ir à Justiça para pedir indenização da morte do jovem.

Leonice Cândida Almeida, 49 anos, tia de Edilson disse que a família deve ingressar na Justiça por danos morais contra o clube. “Estamos revoltados porque não tem guarda salva vidas, não tem colete, não tem bóia, as pessoas pagam na porta e ficam lá sozinhos. Não estamos interessados no dinheiro, pois, nada irá trazer meu sobrinho de volta, mas para evitar que mais ninguém passe o que nós estamos passando”, comenta a tia.

O irmão de Edilson, Lucas Almeida, 23 anos, disse que estava em casa quando recebeu a notícia sobre o acidente pelos vizinhos. “Era a primeira vez dele no clube e pagou a diária de R$ 10 para poder frequentar o local. A informação que tivemos é que não tinha muita gente na piscina, sendo a maioria delas criança, um garoto de 12 anos tentou salvar o meu irmão ainda, mas não conseguiu”, comenta o irmão.

O primo Wiliam Henrique de Almeira Marion, 20 anos, está inconformado pela morte de Edilson. “Como pode um clube daquele tamanho não ter um guarda salva vidas ainda mais nos finais de semana?”, desabafa Wiliam.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela polícia, Naiara Pereira Nogueira, prima do jovem e testemunha do afogamento, relata que estavam nadando na parte rasa da piscina. Quando Edilson pulou na parte funda, o jovem começou a se debater e acharam que era brincadeira do rapaz, quando viram que ele estava se afogando realmente buscaram socorro.

Segundo testemunhas, não tinha guarda salva vidas no momento do acidente. O clube está interditado nos próximos dois dias pelo menos. Por telefone, Garcia, um dos membros da diretoria, disse que lamenta profundamente o acidente e que realmente o clube não trabalha com guarda salva vidas. Ele comentou ainda que os próprios funcionários fazem a segurança do clube e que foi o primeiro afogamento com morte desde os 37 anos de fundação da agremiação. Por fim, Garcia, disse que os diretores irão se reunir e que provavelmente até amanhã (26) eles podem falar mais sobre o acidente.

O corpo de Edilson dos Reis Almeida está sendo velado no Velório Municipal da cidade e o enterro está marcado para às 17h deste domingo.

Mais informações a qualquer momento.

(Foto: Diogo De Maman)

 

 

 

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts