Falta de leituristas em Bady Bassitt faz moradores pagarem todos os meses o mesmo valor pela conta de água

Posted by at 11:27 Comments Print

A falta de leituristas em Bady Bassitt tem feito com que as contas de água e esgoto dos moradores venham todos os meses um valor fixo. Prejuízo para os cofres públicos e também para o bolso do consumidor.

A vendedora, Tatiane Souza, tem uma casa no bairro Jardim Panorama que está fechada desde março e desde então a conta de água vem todos os meses no valor de R$ 36,90.

“Eu estou morando em outra cidade e essa minha casa esta fechada. Quando fui à casa pegar as contas, encontrei uma funcionária da prefeitura entregando as contas e fui questionar o porque a da minha mãe que mora na frente veio R$ 25 com quatro pessoas e a minha fechada R$36,90. Aí foi quando ela me disse que a prefeitura não está realizando a leitura porque estão sem funcionários”, explica.

Com isso, todos os meses as contas de todas as casas são emitidas com o valor igual, independente da quantidade de água usada nas residências.

O analista de sistemas, Eduardo Gabriel Afonso, também reclama da cobrança fixa. “Há um ano morando aqui no Jardim das Palmeiras eu noto que todos os meses a minha conta vem sempre R$ 45,90, sem nenhum centavo de diferença. Eu acho estanho, pois tem mês que a gente sempre usa um pouco a mais, porém o valor é sempre o mesmo”, afirma.

Tatiane reclama ainda da falta de fiscalização da prefeitura. “Tem um terreno próximo a minha casa que foi invadido e fizeram ligação direta na água, pois não possui registro do terreno e não tem como instalar hidrante. Infelizmente puro descaso, pois uns pagam as contas dos outros”, fala.

Em nota, a prefeitura disse que conta com dois leituristas de hidrômetro e um terceiro funcionário foi convocado pelo governo, no dia 5 de março, para compor o quadro após concurso público
vigente, porém, no dia 12 de março, o mesmo desistiu da vaga, protocolando a desistência no setor de Recursos Humanos. Na nota a prefeitura reconhece que, devido ao crescimento constante do município, necessita com urgência de novos funcionários para a área, o que já está sendo providenciado.

“Por meio de licitação em fase final de elaboração de edital, uma empresa qualificada será contratada para a realização de todos os serviços relacionados à gestão da água da cidade, sem qualquer custo a mais para o munícipe. Esclarece, ainda, que não houve cobrança fixa quanto ao uso de água. Em alguns poucos casos, foi feita uma média conforme consumo mensal anterior
do contribuinte”, diz trecho da nota.12

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Últimas Notícias , ,

Related Posts