Falta de funcionários provoca filas com aglomeração em banco de Potirendaba (SP)

Posted by at 8:01 Comments Print

Sexta-feira, 10 de abril de 2020

A falta de funcionários e até de caixas eletrônicos tem provocado filas enormes com grande aglomeração de pessoas em frente a uma agência do banco do Brasil, em Potirendaba (SP). O ato desrespeita o decreto do Estado que pede o isolamento social e o distanciamento entre pessoas durante o período de quarentena por causa do novo coronavírus.

Nossa reportagem esteve na agência nesta última quinta-feira (09/04) e encontrou filas que dobravam a calçada com inúmeras pessoas. Muitos usuários não respeitavam as marcações existentes no solo para distanciamento de um metro e meio de uma pessoa para outra.

Segundo apuração da nossa equipe, por causa da pandemia do novo coronavírus, o Banco do Brasil está com o quadro reduzido de funcionários, já que parte deles pertence ao grupo de risco. Nesta última quinta, apenas dois, dos três atendentes de caixa estavam trabalhando.

“Se em dias normais o atendimento já é ruim, imagine agora sem funcionários”, reclama uma cliente que aguardava na fila.

Por causa da falta de funcionários, cédulas de dinheiro estavam em falta nos terminais de auto-atendimento. Quem precisava utilizar os equipamentos para realizar depósito, outro problema, já que apenas dois deles realiza esse tipo de operação.

Nossa equipe constatou no local que apenas três, dos cinco caixas estavam funcionando. Funcionários que eram destinados ao auxílio de clientes no saguão da agência, também não tinha mais.

“Cada dia que venho aqui é um problema diferente. Um dia não tem dinheiro, outro os caixas estão quebrados. Além do mais não está tendo funcionários suficientes, pois fiz um depósito em cheque há mais de três dias e o cheque ainda não foi compensado, o que eu suponho é que os funcionários não estejam recolhendo os envelopes nos caixas eletrônicos”, diz outro cliente.

Nossa reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Banco do Brasil, mas até agora ninguém respondeu nossos questionamentos.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts