Estado de São Paulo entra na fase vermelha a partir deste sábado (06)

Posted by at 11:12 Comments Print

Sábado, 06 de março de 2021

A partir deste sábado (06/03/2021), todo o estado de São Paulo está na fase vermelha do Plano São Paulo de flexibilização. Apenas serviços considerados essenciais poderão funcionar.

Farmácias e hotéis poderão funcionar cumprindo as medidas preventivas para evitar aglomeração. Postos de combustíveis com lojas de conveniência poderão funcionar 24h, porém, apenas com retirada, sem consumo de alimentos no local ou serviços de entrega.

Supermercados, açougues e padarias e igrejas poderão trabalhar das 6h às 20h com medidas preventivas para evitar aglomeração. A venda de bebidas alcoólicas fica proibida em todos os estabelecimentos das 20h às 6h00.

Academias, bares, salões de beleza, shoppings, outros comércios e estúdios de tatuagem deverão ficar fechados. Restaurantes, fast food e outros ramos de alimentação poderão funcionar das 6h às 20h, apenas com retirada ou delivery, sem consumo no local.

A decisão em colocar todo o Estado na fase vermelha ocorreu na última quarta (03/03), pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), diante do colapso no sistema público de saúde. O decreto vale pelos próximos 14 dias e pode ser prorrogado. Sem leitos de UTI para pacientes com COVID-19, a solução encontrada foi restringir a circulação de pessoas em todos os 645 municípios.

TOQUE DE RECOLHER

Além do funcionamento apenas dos serviços essenciais, o toque de restrição das 20h até as 5h continua valendo para todas as cidades. O atendimento presencial em restaurantes, comércios e lanchonetes fica proibido, mas os serviços de entrega podem funcionar normalmente, segundo o governo.

O secretário estadual de saúde, Jean Gorinchteyn, afirmou esta semana que o governo abrirá 339 leitos de UTI e 161 de enfermaria. Segundo a pasta, São Paulo aumentou em 143% o número total de leitos de UTI para enfrentar o coronavírus durante a pandemia.

Apesar das medidas, os números de internações e mortes continuaram a crescer em todo o estado. Em Tabapuã (SP) uma idosa morreu por falta de vaga em leito de UTI e outros dois pacientes ainda aguardam na cidade por vagas.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Covid-19 Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts