Escorpiões aparecem em bairro de Potirendaba e assustam moradores

Posted by at 8:00 Comments Print

Moradores do bairro Luis Pastorelli tiveram uma visita nos últimos dias não tão agradável. Escorpiões estão aparecendo nas casas e causando medo e pânico na população.

A casa da manicure Luiza Yasmin Viana foi uma delas. Ela tirou fotos dos dois bichos e postou em uma rede social. Os animais encontrados na casa dela são da espécie amarela, uma das mais venenosas e perigosas.

“Minha vizinha foi picada por um recentemente. Aqui todo mundo vive com medo, mas infelizmente não temos o que fazer. A Vigilância Epidemiológica chegou a vir aqui, mas eles disseram que no forro da minha casa existe ninho e não tem como eu fazer dedetização”, fala Luiza.

Quem também já cansou de receber essas visitas indesejadas é a dona de casa Diva dos Santos. Ele fala que só hoje apareceram dois bichos. “Está insuportável. Já nem nos assustamos mais. O duro é que é um bicho muito perigoso”, comenta.

A mulher fala inda que já chegou a matar, em um único dia, até quatro escorpiões de porte adulto. “Aqui existe muita madeira e o povo joga muito lixo aqui perto do rio. Isso faz com que eles venham pra cá”, fala Diva.

E ela está certa. É exatamente de lá mesmo que parte dessa população de escorpiões pode estar vindo, pois segundo especialistas eles se proliferam sob pedras, frestas de pedras e barrancos, debaixo de madeiras, em paredes e muros mal rebocados, madeira empilhada, entulhos, caixas de gordura, ralos, forros, etc. Gostam muito de umidade, pouca luz e insetos em abundância (principalmente baratas).

Segundo o Instituto Butantan, uma média de 13 mil ocorrências de picadas de escorpião são registradas por ano só no Estado de São Paulo. O que mais chama a atenção é que esse número de acidentes é apenas nas regiões urbanas.

A picada de escorpião causa muitos transtornos ao organismo humano: dor imediata, sudorese, febre, sensação de frio, contrações musculares, irregularidades cardio-respiratórias, e pode levar à morte.

Em nota, a prefeitura de Potirendaba informou que a Vigilância epidemiológica visitou a casa da Luiza e prestou todo atendimento necessário, dedetizou a casa e também visitou as casas de vizinhos. Pediu também a colaboração da população para que não jogue lixo nem entulho na área verde deste bairro.

Cuidados:

Algumas medidas preventivas evitam acidentes com os escorpiões. Entre elas o vedamento de ralos, caixas de gordura, tanques e soleiras de portas. Devem ser evitadas também plantas próximas às paredes das casas e o acúmulo de lixo e telhas nos quintais.

Em caso de acidentes com escorpiões, segundo o Instituto Butantan, o recomendável é lavar o ferimento com água e sabão e fazer compressas mornas para alívio até chegar ao Pronto Socorro mais próximo.

(Foto: Colaboração Luiza Yasmin Viana/Leitora Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts