Era uma escola muito engraçada: Muro de escola de Guapiaçu está caído há sete meses e por enquanto nada de conserto

Posted by at 7:14 Comments Print

Diogo De Maman

diogo@gazetainterior.com.br

Há quase sete meses os moradores próximos a Escola Estadual Professor Carlos Castilho, em Guapiaçu, têm a mesma visão de uma desagradável situação. O muro da escola desabou e, desde então, nada foi feito para solucionar o problema.

Enaldo Lourenção, (45), um dos vizinhos da escola, diz que viu o momento exato da queda do muro e o motivo para o desabamento foram as fortes chuvas que ocorreram durante o início do ano. “Eu estava sentado aqui no bar e nesse dia chovia muito, foi quando de repente o muro caiu”, conta Enaldo.

Com a falta de infraestrutura adequada no local, o ambiente fica vulnerável a sofrer invasões de terceiros, colocando a integridade dos alunos em risco. A situação piora quando chega à noite. Com a entrada livre, a escola pode sofrer facilmente algum ataque de vandalismo causando danos ao patrimônio público.

A dona de casa, Vanda Aparecida Guize, (40), comenta que não se lembra da época exata da queda do muro, mas afirma que já faz muito tempo. Guize conta ainda que no período noturno as chances dos alunos evadir-se da escola aumentam por conta do buraco. “A noite tem o perigo de alguém se esconder na escola e acabar matando aula”, fala.

A diretora da instituição, Sueli Franco do Amaral, nega que o muro esteja caído desde o início do ano, ela comenta que o muro desabou dia depois da visita do Governador Geraldo Alckimin à cidade.

Questionada pela reportagem da facilidade que os alunos encontram em sair da escola, Sueli nega o problema, mas não coloca a culpa no muro. “Nós sofremos com esse problema, antes mesmo do muro cair, mas ficamos de olho nos alunos para evitar isso”, diz.

A diretora disse que já informou o problema à Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) e aguarda os tramites de licitação para a construção do muro, mas não deu um prazo nem para o início e nem para o término da obra.

Em nota a assessoria de imprensa da FDE informou que a reforma do muro da escola encontra-se em fase de orçamento. Assim que o mesmo for concluído, será providenciada a alocação de recursos e a contratação da empresa que realizará a obra.

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , ,

Related Posts