Enterro de Daniela é marcado por lágrimas e aplausos

Posted by at 19:31 Comments Print

A notícia que abalou a pacata cidade de Potirendaba, com pouco mais de 15 mil habitantes, causou revolta não só à família, como em todo o município. O corpo de Daniela de Oliveira, assassinada brutalmente com um tiro, foi enterrado na tarde desta segunda-feira (22), em Potirendaba.

Centenas de amigos, conhecidos e familiares passaram para prestar homenagem à mulher, que segundo a própria mãe, amava todo mundo e não tinha malícia de ninguém.

Daniela era mãe de uma menina de 12 e outra de 3 anos. Segundo testemunhas, a filha mais nova que presenciou o crime, disse que a mãe tinha sido atingida no braço por uma bomba e que ficaria bem.

Durante o velório, as filhas passaram para ver o corpo da mãe, mas ainda em estado de choque, não sabiam entender o que estava acontecendo.

├Çs 17h30, o corpo de Daniela foi enterrado ao som de centenas de palmas e com a oração do Pai Nosso, rezado por amigos e familiares que demonstravam, a todo o momento, gestos de carinho e amor a jovem.

INVESTIGAÇÃO:

Thiago Rocha, suspeito de ter matado Daniela com um tiro, teria fugido depois do crime para a cidade de Sales (SP), município de naturalidade de Rocha.

Durante o dia, policiais realizaram buscas pelo município que fica cerca de 55 quilômetros de Potirendaba, a fim de encontrarem o possível autor.

Segundo o delegado de Potirendaba, Andriano Ribeiro Nasser, o inquérito policial já foi instaurado e testemunhas começaram a ser ouvidas nesta tarde. Diego Rebeiro Rocha, 24 anos, amigo de Thiago e que chegou a ser procurado pela polícia na noite do crime, foi ouvido durante a madruga e também agora à tarde, e, manteve a mesma versão nos dois depoimentos.

No depoimento Diego afirmou que não sabia que o autor estava armado e que não havia nenhum tipo de desentendimento entre vítima e autor.

Ainda de acordo com o delegado, se Thiago se apresentar e confessar o crime à polícia, ele responderá, em liberdade, por homicídio doloso. “Estamos trabalhando com duas linhas de investigação. Há informações de que o disparo foi acidental e há também informações de que ele teve a intenção. Então vamos continuar ouvindo as testemunhas que presenciaram o crime e de acordo com o que for colhido de informações, vamos prosseguir com o inquérito”, disse Nasser.

A Gazeta do Interior apurou que Thiago tem várias passagens pela polícia por agressão e uma tentativa de homicídio.

(Foto: Luiz Aranha)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , , , ,

Related Posts