Em Potirendaba, dupla Zé Neto e Cristiano atrasa quase duas horas e coloca culpa no trânsito da cidade

Posted by at 9:03 Comments Print

Uma das atrações mais esperadas pelo público do rodeio de Potirendaba atrasou quase duas horas para sua apresentação na noite desta última quarta-feira (18/10/2017). Zé Neto e Cristiano deixaram o público esperando e colocou a culpa do atraso no trânsito da cidade de pouco mais de 16 mil moradores.

A previsão de chegada dos artistas ao local do evento estava prevista para às 22h30, mas já passava da meia noite quando os dois apareceram trazendo esposas e a família que são de São José do Rio Preto, em carros e vans. Atrás do palco, imprensa e dezenas de fãs aguardavam a dupla quando foram informados que os artistas só atenderiam após o show, pois estavam atrasados.

Na arena, algumas pessoas já começavam a vaiar o atraso dos artistas. Trazendo sucessos como “Cadeira de Aço” e “Amigo Taxista”, Zé Neto e Cristiano conseguiram disfarçar a demora e animaram o público afirmando que cantar em Potirendaba era a mesma coisa que cantar em casa.

Através de mensagem de WhatsApp com nossa reportagem que tinha entrevista agendada com os artistas, a produção pediu desculpas pelo ocorrido e colocou a culpa no trânsito da cidade. “Infelizmente pelo grande fluxo de carros que estava na chegada à cidade, tivemos um atraso e a pedido do prefeito e do contratante, tivemos que começar o show e deixar o atendimento para depois”, diz trecho do diálogo com um dos produtores.

Disse também que o atendimento não é obrigação e sim uma cortesia para com fãs e aqueles que, de certa forma, admiram o trabalho dos dois. “Há mais de 7 anos de carreira, os atendimentos sempre foram executados até em maior quantidade do que as pulseiras de padrão que são solicitadas. Depois do show, conforme combinado, todos os veículos foram atendidos, além dos mais de 120 fãs que se encontravam na fila, sem nenhuma exceção”, finaliza.

A Gazeta do Interior afirma que atender imprensa que foi trabalhar para divulgar o trabalho dos cantores não é cortesia e sim obrigação, afinal, quem precisa de publicidade é a dupla e não ao contrário. Mais que isso, quem está fazendo “cortesia” é os fãs que foram humilhados por seguranças, produção dos artistas e que são os verdadeiros responsáveis pelo sucesso, que compram o trabalho e que comparecem aos shows.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , ,

Related Posts