Em 15 anos, Guarda Municipal de Potirendaba já atendeu mais de 4,6 mil ocorrências

Posted by at 14:08 Comments Print

A Guarda Civil Municipal de Potirendaba comemora nesta terça-feira (1), 15 anos de existência na cidade. Nesse período, 4.631 ocorrências envolvendo furto, roubo e tráfico de drogas foram atendidas pelos agentes.

Fundada em 1º de julho de 1999 com 11 guardas e apenas um veículo, o passar dos anos fez com que a corporação ganhasse, além de bons resultados, estrutura e novos investimentos. Hoje equipada com quatro carros, coletes à prova de bala, armas de choque e 30 agentes, Potirendaba é a única cidade da região depois de São José do Rio Preto a ter Guarda Municipal.

Tabapuã que é da área de cobertura da Gazeta e fica na região de Catanduva tem Guarda Municipal desde 2007. Lá cinco homens e um carro fazem o trabalho na cidade.

A arma de choque brasileira usada pelos guardas de Potirendaba é a Spark. Ela tem o poder incapacitante por até cinco segundos para que o agente imobilize o suspeito e o algeme. Neiri Aparecida de Freitas é um dos sete guardas que está há 15 anos na corporação. Ela conta que a arma já foi utilizada em duas prisões em flagrante. “Auxilia bastante nosso trabalho, pois inibe a ação de criminosos e até salvamos vidas. Lembro de um caso em que um homem tentou se suicidar e imobilizamos ele com a arma”, conta.

Para o 2º sargento da Polícia Militar de Potirendaba, Welton Cesar da Silva, a Guarda na cidade contribui bastante com o trabalho da polícia. “São vários os benefícios de se ter Guarda Municipal em Potirendaba, principalmente para nós da PM. Em casos de tumulto generalizado, o apoio da guarda com mais uma viatura, mais homens na ocorrência, faz com que minimize a situação. A Guarda com a arma de choque também contribui e muito para nós da PM, pois na ocorrência é possível deter o suspeito sem prejudicar a integridade física dele”, explica.

Valdir de Siqueira Grilo está há seis anos no comando da Guarda Municipal. Ele explica que além de atender as ocorrências, a Guarda contribui para preservar vidas. “Lutamos pelos direitos da população e para ajudar o próximo. Diariamente nós fazemos uma ronda escolar, uma ronda em patrimônios públicos e intensificamos as rondas em locais de maior incidência de crime na cidade.”, fala.

Potirendaba tem se tornado uma cidade mais segura nos últimos anos. Prova disso são os dados da Secretaria de Segurança Pública. Em 2012 foram registrados no município 190 furtos e ocorrências. Em 2013 esse número caiu para 154 e de janeiro até maio desse ano, apenas 26 crimes do tipo foram contabilizados pela SSP.

A Prefeita de Potirendaba, Gislaine Montanari Franzotti, fala que a área da segurança é prioridade e muitos investimentos foram realizados. “Conquistamos veículos novos, coletes a prova de balas, as armas de choque, aumento do efetivo”, destaca a prefeita que parabeniza todos os guardas pelo trabalho realizado durante esses 15 anos.

“É um prazer ser Guarda Municipal. Quando prestei o concurso em 1999 eu pensava que não iria continuar, mas hoje tenho a certeza de que quero me aposentar Guarda”, finaliza Neiri Freitas.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts