EDITORIAL: Enquanto existir Maria Antonieta

Posted by at 5:10 Comments Print

Problemas e mais problemas. Se notar, a edição de julho da Gazeta do Interior há várias matérias cobrando melhorias das prefeituras das cidades de circulação do jornal. Como é um veículo comunitário, é exatamente esse o dever do canal. Questionar os governantes e sempre ajudar a comunidade.

Das 12 cidades onde circula a Gazeta, em apenas duas delas tivemos manifestações no último mês. Em Uchôa, a população deu um show e quase 200 manifestantes foram às ruas reivindicando seus direitos. Já em Potirendaba, pouco mais de 10 pessoas decidiram protestar.

Fato que é um ΓÇÿabre-olhoΓÇÖ aos governantes, pois prova que nem todo mundo está satisfeito com o que impõem goela à baixo. Agora fingir que nada está acontecendo e não há problemas, é hipocrisia de Maria Antonieta.

O papel do jornalismo comunitário na sociedade é mais do que cobrar melhorias, é ajudar a população a solucionar o bem estar e poder viver em uma comunidade justa. A equipe Gazeta se orgulha com as dezenas de e-mails e ligações que recebe mensalmente com sugestões de reportagem e pedidos de soluções aos problemas.

Na maioria das vezes a questão é solucionada, mas tem “Marias Antonietas” que fingem que nada acontecem e esquecem os menos favorecidos. Fingem que ΓÇÿnaquelaΓÇÖ rua nunca existiu asfalto, que o transporte público é o mais perfeito do mundo, que o lixo sendo enterrado de qualquer jeito não tem problema, que uma escola ou uma creche sendo construída há anos não tem pressa para ser entregue…

É lamentável passar na frente da casa de um político e ver uma mansão erguida com todos os sistemas de conforto do planeta e você fazer visita a uma família e ver que o telhado da casa está prestes a cair na cabeça, matar todos que ali residem e ninguém faz nada.

Aí tem gente que pergunta: – “Mas os jornalistas não podem ajudar essa família?”. Se a classe ganhasse o mesmo salário e benefícios de um político, certamente que poderia. Então esse é o papel do jornalismo comunitário, denunciar, ajudar, cobrar e tentar solucionar, pois quem governa é a Maria Antonieta que o povo elegeu.

(Foto: Divulgação)

(Editorial publicado na edição impressa da Gazeta do Interior no mês de julho)

Destaques Editorial Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts