DIG de Rio Preto é interditada e todos os presos são transferidos

Posted by at 12:12 Comments Print

Devido à interdição homologada esta semana pela Corregedoria de Justiça de São Paulo, todos os presos da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), de São José Rio Preto foram transferidos para o Centro de Detenção Provisória (CDP). Os adolescentes foram recolhidos para Fundação Casa.

A DIG é um problema que se arrasta há anos e que é considerada uma bomba relógio dentro de Rio Preto. A delegacia recebe presos de todas as cidades da região, incluindo os municípios de Potirendaba, Uchôa, Guapiaçu, Cedral, Nova Aliança e Bady Bassitt.

De acordo com o diretor da DIG, o delegado Fernando Augusto Nunes Tedde, a carceragem não pode mais receber nenhum preso e há um processo de licitação em andamento para a reforma do prédio da delegacia, que hoje tem capacidade para 32 presos, mas não pode ser mais usada devido às condições consideradas inseguras e insalubres.

FUGA

No dia 23 de setembro do ano passado, 26 detentos fugiram da carceragem da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São José do Rio Preto. Os presos serraram as grades de duas celas e renderam dois funcionários.

Entre os fugitivos estavam bandidos acusados de crimes graves como homicídio, roubo e tráfico de drogas e como o ex-policial militar Benedito de Jesus Carvalho, que confessou ter atirado em quatro travestis em agosto daquele ano.

As buscas pelos presos mobilizaram as polícias Militar e Civil, incluindo o Grupo de Operações Especiais (GOE) e ainda o helicóptero Águia. A aerovane sobrevoou toda a área próxima à delegacia na tentativa de localizar os fugitivos. Foram recapturados 25 dos 26 fugitivos. O último foragido está sendo procurado no Mato Grosso.

(Foto: Reprodução SBT Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts