COVID-19: Operação autua estabelecimentos e lacra supermercado em S. J. do Rio Preto (SP)

Posted by at 9:33 Comments Print

Sábado, 16 de janeiro de 2021

Uma grande operação entre a tarde e a noite desta última sexta-feira (15/01/2021), lacrou um supermercado e autuou nove estabelecimentos em São José do Rio Preto (SP). A ação, segundo as autoridades, visa combater as irregularidades e desrespeito às regras da pandemia de COVID-19.

A operação contou com a Guarda Civil Municipal, Vara da Infância e Juventude, Fiscalização de Posturas – Trânsito e também a Vigilância Sanitária do município. Ao todo, 16 locais foram denunciados e fiscalizados. Em 9 deles foram constatadas irregularidades e foram autuados.

Bares, restaurantes e até igrejas foram multados. Entre as irregularidades encontradas estão limite acima da capacidade, falta de distanciamento e uso de máscara, horário além do permitido e também a presença de menores.

Três adolescentes foram encontrados em um serv festas da cidade. Eles e o proprietário do local foram conduzidos pela Guarda Municipal e Vara da Infância até a Central de Flagrantes.

Os menores foram ouvidos e liberados aos responsáveis. Já o dono do estabelecimento responderá pelo artigo 268, por propagar doença contagiosa e será multado.

Ainda na tarde desta última sexta (16), o supermercado Muffato Max Atacadista da Zona Norte foi interditado pela GCM e também pela Vigilância Sanitária. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde a interdição ocorreu por descumprimento às normas sanitárias de prevenção e combate ao Covid 19.

A penalidade está prevista no Código Sanitário Municipal. Segundo o município, o Supermercado já havia sofrido 16 constatações de irregularidades, nove autuações e seis multas. Para voltar às atividades, a empresa deverá adotar as providências para que sejam atendidas as exigências das normas sanitárias.

Em nota, o Grupo Muffato disse que, diante do ocorrido, já está tomando as medidas necessárias para se adequar aos procedimentos complementares solicitados, mantendo o padrão de ambiente seguro e higienizado que foi implantado desde o início.

Segundo o diretor da Guarda Municipal da cidade,Vitor Cornachioni, a ação visa combater a disseminação do novo coronavírus.

“Intensificamos a fiscalização, pois diante do quadro que estamos é preciso combater ainda mais as irregularidades. As operações vão continuar neste e nos outros finais de semana. O momento agora é ainda mais de conscientização dos estabelecimentos e da população”, diz.

Ontem, a região noroeste regrediu para a fase laranja do plano São Paulo. A partir da próxima segunda (18/01), atendimento presencial em bares está proibido. Já lanchonetes e restaurantes podem atender com capacidade reduzida até às 20h.

“Os hospitais estão com mais de 70% da capacidade, reflexo das festas de fim de ano. Se não apertarmos o cerco agora e a população não fizer a sua parte, a situação pode ficar pior”, finaliza o diretor da GCM.

CASOS NA CIDADE

Só ontem, São José do Rio Preto confirmou mais 657 novos casos da COVID-19 e infelizmente mais sete mortes. Na cidade, 326 estão internadas com a doença, sendo que 119 estão na UTI e 207 na enfermaria. Dos internados, 193 já tiveram o diagnóstico para a Covid confirmado, sendo que 86 estão na UTI e 107 na enfermaria.

Desde o início da pandemia, 38.413 foram contaminados com a Covid-19. Dos confirmados, 34.315 já estão recuperados. O total de óbitos na cidade chegou a 977.

(Foto: Colaboração Guarda Civil Municipal)

Cidades Covid-19 Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts