COVID-19: Diocese de S. J. do Rio Preto determina suspensão de missas em toda região

Posted by at 11:06 Comments Print

Um comunicado oficial emitido na manhã desta sexta-feira (20/03/2020), pela Diocese de São José do Rio Preto às paróquias da região determina a suspensão das missas a partir da próxima segunda-feira (23/03) por causa do novo coronavírus. Neste fim de semana os padres deverão comunicar aos fiéis sobre a suspensão das celebrações por tempo indeterminado.

Segundo o comunicado interno que a Gazeta teve acesso, diante do agravamento do COVID-19 e das determinações das autoridades de saúde, Governo do Estado e Ministério Público, o Bispo Diocesano, Tomé Ferreira da Silva, decidiu suspender as missas e fez recomendações aos párocos.

Todas as missas estarão suspensas já a partir do dia 23/03. Nos dias 21 e 22 de março os sacerdotes deverão orientar e explicar aos fiéis os motivos das suspensões das celebrações das missas por tempo indeterminado.

As pessoas serão orientadas a assistir as missas através dos meios de comunicação como internet, televisão e rádio. Os padres deverão manter contato diário com a comunidade através das novas mídias, possibilitando acompanhar os ofícios sagrados a serem desenvolvidos por eles na igreja Matriz ou capela.

“De modo mais intenso, viveremos um momento difícil para a economia do Brasil. Por isso não esquecer dos empobrecidos; não tenhamos medo de ajudar quem precisar; cuidar com acuidade da administração paroquial, sendo necessário fazer redução nas despesas”, recomendou o Bispo.

Segundo o padre da paróquia Senhor Bom Jesus de Potirendaba, Sidney Roberto Martins, além das missas, reuniões de movimentos e pastorais, grupos de oração, terços em capelas, encontros de catequese também estão suspensos por tempo indeterminado.

“Confiantes no amor e na misericórdia de Deus, vamos nos unir em oração, dentro de nossas casas, e rogar a Deus que nos ampare nesse momento delicado em que vive o mundo”, disse.

Para este fim de semana, segundo o padre, já foi determinada a suspensão do uso de túnicas litúrgicas, procissão de ofertório para evitar contato com galhetas e cálice. A paróquia recomendou ainda que os ministros da eucaristia higienize as mãos e punhos com água e sabão, higienize também âmbulas, cálice e galhetas.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior-arquivo)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts