Continua foragido suspeito de tentar matar a facadas mãe e filho

Posted by at 21:59 Comments Print

Permanece foragido da polícia, Ailton Roberto da Silva, de 46 anos. O motorista de ambulância é suspeito de tentar matar a facadas a camareira, Valdilene de Souza Leite, de 41 anos, e o filho dela, José Welington de Souza Leite, de 14 anos, na noite da última segunda-feira, em Potirendaba.

A Polícia Civil já instaurou inquérito para investigar o caso e testemunhas já começaram a ser ouvidas. José Welington que já está no quarto, conversando e fora de risco, foi ouvido no fim da tarde desta quinta-feira (12).

O homem que é ex-companheiro de Valdilene, teria entrado com uma faca de açougue e desferido vários golpes contra a mulher. O adolescente tentou ajudar a mãe e também foi golpeado no abdômen e tórax.

Doente de ciúmes e depois de cerca de oito meses de relacionamento, a camareira decidiu por fim no namoro. Seis meses depois e mesmo largados, Ailton continuava seguindo a mulher com a ambulância do hospital de Potirendaba até ao trabalho.

Com medo e muito abalada, Walmiciana Leite da Silva, de 18 anos, uma das filhas da vítima, conta que mal sai na rua e prefere não revelar onde está ficando com o irmão. “Vejo um carro vermelho e minhas pernas começam a tremer. Ele acabou com as nossas vidas”, diz a filha, emocionada.

Segundo a assessoria de imprensa do Hospital de Base de Rio Preto, Valdilene continua na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave, entubada e sedada. José já pode receber visitas, mas nenhum dos dois ainda tem previsão de alta.

(Fotos: Reprodução álbum de família)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts