Conheça quatro faculdades de Medicina na Argentina sem mensalidade

Posted by at 12:33 Comments Print

A Argentina oferece aos estudantes um alto padrão de ensino, em universidades listadas nos rankings mais respeitados do mundo. Se você está avaliando diferentes oportunidades de cursar medicina, ou se conhece alguém que está estudando há vários anos para conseguir uma vaga nas faculdades brasileiras, deve considerar as faculdade de medicina na Argentina, já que o país vizinho é um dos mais interessantes para a formação na área médica.Além da qualidade dos cursos de medicina na Argentina, não é preciso enfrentar processos seletivos como o vestibular e suas tão temidas notas de corte – em várias faculdades brasileiras, principalmente nas públicas, a disputa por uma vaga em medicina ultrapassa facilmente os 100 candidatos.Por outro lado, quando se pretende estudar medicina em uma instituição particular, levando em conta que o curso dura de seis a sete anos e exige livros e materiais caros, os preços das mensalidades são possíveis apenas para uma elite privilegiada. Portanto, a oportunidade se tornar um médico mora ao lado, literalmente. Conheça quatro faculdades de medicina na Argentina, livres de mensalidade:

Universidade de Buenos Aires (UBA)

A Universidade de Buenos Aires, fundada em 1821, é a maior universidade da Argentina e a mais prestigiada da América Latina. A instituição pública de ensino superior está elencada entre as 100 melhores do mundo, segundo o QS University Rankings 2020. A UBA conta com inscrições gratuitas, por volta de outubro e novembro de cada ano. O curso de medicina segue a metodologia tradicional, com sete anos de duração. 

Para você ingressar em medicina na UBA, deverá fazer matrícula em um curso de nivelamento, com seis disciplinas com conteúdos intermediários entre o ensino médio e o superior, com duração de um ano. Uma das novidades para os brasileiros que pretendem estudar na Argentina é o UBA XXI, o ensino à distância com as mesmas disciplinas do ciclo básico, mas com aulas on-line e apenas provas presenciais.

Universidade Nacional de La Plata (UNLP)

Localizada na região de La Plata, Sudoeste de Buenos Aires, a Universidade Nacional de La Plata foi fundada em 1905. É  uma das mais conceituadas da Argentina e está entre as melhores da América Latina, segundo o QS World University Rankings de 2020.O curso de medicina , um dos mais tradicionais e também dos mais procurados por brasileiros, é gratuito e tem duração de seis anos. Para você ingressar na UNLP é necessário fazer um curso preparatório, com inscrições que acontecem geralmente no último trimestre do ano. A primeira etapa dessa inscrição pode ser feita on-line, no site da universidade. Além disso, os estrangeiros precisam validar sua entrada com um certificado de proficiência na língua espanhola.

Universidad Nacional de Córdoba (UNC)

A Universidade Nacional de Córdoba, localizada na cidade homônima, foi fundada em 1613 pelos Jesuítas – por mais de dois séculos, foi a única da Argentina, é uma das mais antigas universidades da América Latina. Depois da UBA, é a maior em número de faculdades, docentes e alunos.

Todos os cursos são gratuitos e, embora a admissão para a UNC não imponha restrições, você precisa ser aprovado em uma etapa prévia de nivelamento. O curso de medicina, por sua vez, exige um exame de admissão eliminatório. A duração é de seis anos.

Universidade Nacional de Rosário (UNR)

A Universidade Nacional de Rosário foi fundada em 1968 e está localizada na cidade homônima, na Província de Santa Fé. A UNR é reconhecida na Argentina por atender, de forma sustentável, as demandas da sua região e por ser a primeira na América Latina a implantar o método ‘Problem Based Learning’ (PBL). Este sistema de ensino tem como base a solução de problemas reais, os quais o acadêmico irá encontrar durante o exercício da profissão. 
Para ingressar no curso de medicina da UNR, que é gratuito, você precisa ser aprovado no Módulo de Inclusão Universitária (MIU). O curso prevê 12 encontros com atividades individuais e em grupo, e geralmente ocorre em dezembro, fevereiro e março. Além disso, é exigido o certificado de Espanhol Nível B2. O ano letivo tem início em março e o tempo estimado para a formação é de seis anos.

(Foto: Divulgação)

Geral Mundo Últimas Notícias

Related Posts