Comoção e tristeza param Guapiaçu na despedida à Ivanete

Posted by at 22:10 Comments Print

Produção e reportagem: Luiz Aranha

“Guapiaçu enterrou nesta triste tarde de domingo a mãe dos pobres”. Foi com essa frase marcante de uma popular, com aplausos de milhares de pessoas e uma dor comovente que o corpo da prefeita Ivanete, foi velado e sepultado, em Guapiaçu.

O velório foi realizado na igreja do Bairro São Marcos, local que era muito frequentado por Ivanete. Igreja escolhida pelos familiares, já que ontem ela saia desta mesma igreja e seguia para casa quando sofreu o acidente.

Prefeitos de toda a região estiveram presentes durante toda à tarde para prestar homenagem à amiga e companheira política. Gislaine Franzotti, prefeita de Potirendaba, com lágrimas nos olhos falou que além de amiga, Ivanete a estimulou a entrar para a vida pública.

“Ela foi exemplo de mulher e liderança na nossa região. Estimulou muitas mulheres a entrar para a política, foi presidente da AMA durante muito tempo, tinha garra e o governo dela sempre foi voltado para os menos favorecidos e para as pessoas com mais dificuldade econômica. Essa quantidade de gente aqui mostra o tamanho do carinho que o povo tem por ela. Sem dúvida vai fazer uma grande falta para todos nós”, disse Gislaine, emocionada.

Outras autoridades da região como deputados estaduais, federais e representantes fizeram questão de dar Adeus à prefeita.

Na frente da prefeitura, flores, uma faixa preta na porta e as bandeiras hasteadas a meio mastro marcavam o símbolo de luto que a cidade com pouco mais de pouco mais de 17 mil habitantes viverá nos próximos dias.

“Ela sempre governou para os pobres. Ela era nossa mãe. O que vai ser de nós sem ela agora?”, questionou uma popular.

Para transportar até o cemitério as dezenas de coroas de flor que não paravam de chegar foi preciso um caminhão. Em meio à multidão, uma mulher que não se identificou, entregou à nossa equipe um bilhete com os seguintes dizeres: “Perseguiram-te tanto que Deus te tirou daqui. Você era uma mãe para os necessitados e Guapiaçu vai sentir sua falta. Adeus, mãe!”, dizia em um pedaço de papel.

Durante a missa celebrada na igreja, pessoas e familiares da prefeita tiveram que ser socorridas por conta do calor e a forte emoção de perda de uma pessoa tão querida, respeitada e amada por todos.

Uma cidade abalada e que ainda não se conformava com o que acabara de presenciar. O cortejo com o caixão da prefeita seguiu pelas ruas de Guapiaçu escoltado por carros da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros. As sirenes e os milhares de aplausos por onde passavam, desbravavam o silêncio da dor da perda de uma pessoa tão querida.

Dentro do cemitério, o corpo de Ivanete seguiu por um cordão formado por pessoas segurando flores e aplaudindo até onde seria a morada eterna de uma mulher que tanto fez por um povo que tanto necessitou.

(Fotos: Luiz Aranha)

Cidades Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts