Com 342 votos deputados dão prosseguimento ao impeachment de Dilma

Posted by at 23:35 Comments Print

Com 342 votos a Câmara dos Deputados em Brasília (DF), decidiu pelo prosseguimento do impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff, na noite deste domingo (17) histórico.

O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), afirmou na noite deste domingo que há uma “derrota momentânea” do governo. A declaração foi dada em meio à votação do processo de impeachment da presidente.

Para a Câmara dar prosseguimento para que o Senado analise o processo de impeachment, eram necessários 342 votos, dos 513 deputados favoráveis. Para barrar o processo, era preciso que houvesse ao menos 172 votos contrários.

Agora o processo de impeachment vai para o Senado, que terá que decidir se acolhe a denúncia e julga a presidente por crime de responsabilidade. Não há um prazo estabelecido para que isso ocorra.

Se o Senado decidir pelo processo, Dilma fica afastada por até 180 dias para o julgamento. Enquanto isso, o vice, Michel Temer, assume o cargo. Se o eventual julgamento não ocorrer neste prazo, a petista reassume e poderá esperar pela decisão na cadeira presidencial.

No julgamento final, comandado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Dilma seria definitivamente cassada caso assim decidam dois terços do senadores (ao menos 54). Como resultado disso, o vice ocuparia o cargo até o fim do mandato e ela ficaria inelegível por oito anos.

Os deputados da região de São José do Rio Preto, Edinho Araújo e Rodrigo Garcia votaram favoráveis ao impeachment.

(Foto: Divulgação)

Nacional Últimas Notícias ,

Related Posts