Cidades da Gazeta despencam no ranking município verde azul; Potirendaba foi a que mais piorou

Posted by at 16:49 Comments Print

O que era ruim, piorou. O ranking de classificação do selo Município Verde Azul mostra que as cidades da Gazeta que obtiveram notas exemplares em anos anteriores, não param de cair de posições. Potirendaba foi a que mais piorou.

Em 2015 Potirendaba era a melhor delas onde obteve a 29ª colocação das 12 da nossa região. Agora em 2016 a cidade ficou em 381ª posição.

Tabapuã que estava na 106ª posição, desceu para a 206ª. Uchôa estava em 175ª colocada e agora aparece em 329ª. Bady Bassitt estava na posição 295ª e agora aparece em 352ª.

Potirendaba ocupava, em 2014, a 20ª posição, colocação que causou orgulho não só na cidade, mas também em outros municípios da região.

Lançado em 2007 o Programa tem o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental. A participação dos municípios é voluntária e ocorre por meio de um termo de adesão.

Catanduva é a cidade da região que mais ganhou posições. De acordo com a prefeitura o quesito que mais ganhou pontos para o salto foi a inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto em junho do ano passado.

O programa leva em consideração 10 quesitos: Esgoto Tratado, Resíduos Sólidos, Biodiversidade, Arborização Urbana, Educação Ambiental, Cidade Sustentável, Gestão das Águas, Qualidade do Ar, Estrutura Ambiental e Conselho Ambiental.

Cada cidade é avaliada por técnicos do Estado que atribuem uma nota de 0 a 100. As notas são somadas e a média vale como nota final.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior-arquivo)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts