Campeão do rodeio de Potirendaba tem apenas 20 anos e já perdeu as contas de quantos prêmios levou

Posted by at 21:43 Comments Print

Luiz Aranha

luiz@gazetainterior.com.br

Uma estrela do mundo do rodeio de apenas 20 anos. Essa é a nomenclatura para um jovem que ganhou o primeiro lugar do Circuito Barretos de Rodeio da 3ª Exposhow Potirendaba e que já não tem mais noção de quantos prêmios faturou.

Rafael José de Brito nasceu em Potirendaba e começou a montar em bezerros ainda quando tinha 12 anos. Incentivado pelo pai que também foi um grande campeão do mundo do rodeio, Rafael estima que tenha recebido mais de R$ 100 mil em dinheiro e mais de sete motos como prêmios nas competições em touro.

No rodeio de Potirendaba do último dia 11, o jovem, além de ser campeão e faturar o prêmio de R$ 5 mil, ajudou também voluntariamente o hospital do município. “Eu fui convidado pela organização para participar de um desafio de montar em um touro que apenas cinco peões tinham parado em cima. Eu aceitei e com a montaria arrecadamos um bom dinheiro que foi doado à santa casa da cidade”, conta o rapaz, tímido.

Em 2009, Rafael ganhou o prêmio de Peão Revelação do rodeio da cidade de Barretos, a 428 quilômetros da capital Paulista, onde conseguiu obter a maior nota da noite. Na capital nacional do rodeio, o jovem peão já participou três vezes de provas na arena mais cobiçada pelos peões do mundo e onde vai disputar nesta semana o prêmio de R$ 100 mil.

Tímido e de extrema humildade, o rapaz diz que não tem ambições para competir fora do Brasil. “Eu acho que se acontecer será bom, mas não tenho essa obsessão para ir para fora do país para grandes disputas como muitos peões têm. Hoje eu participo das competições da Crystal Top Team Cup e da Ekipe Rozeta, caso surgir uma oportunidade pela PBR estou dentro, mas estou pelo mundo para o que der e vier”, diz.

Luciana Pires do Amaral é a mãe orgulhosa que torce como ninguém pelo filho. “Como toda a mãe, eu sinto medo e orgulho ao mesmo tempo. Os touros são grandes, violentos e a gente sabe dos riscos de morte que eles correm, então é de ficar com o coração na mão. Mas Deus está sempre com ele, eu confio”, fala cheia de orgulho a costureira de 43 anos.

O amigo de Rafael, o peão Alan de Souza da cidade de Taubaté (SP) ficou com o segundo lugar na competição e levou o prêmio de R$ 4 mil. Gilmar Moreira de Serra do Salitre (MG) ficou com o terceiro lugar na competição, ganhando R$ 3 mil. O potirendabano Felipe Henrique Perfeito faturou R$ 2 mil e ficou com a quarta colocação. Já Marcos Rosa do município de Nipoã (SP), ficou com o quinto lugar e levou R$ 1 mil.

(Foto: Luiz Aranha)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , , , , , ,

Related Posts