Caixa abre agências mais cedo para atendimento de auxílio emergencial

Posted by at 10:00 Comments Print

As agências da Caixa Econômica Federal, em todo o país, abriram duas horas mais cedo, a partir desta segunda-feira (04/05/2020), para o atendimento de pessoas aptas a receber o auxílio emergencial de R$ 600. O funcionamento será das 8h às 14h.

O banco também anunciou um reforço no número de vigilantes nas agências. Serão mais 2.800 que vão se juntar aos 2 mil que já estavam atuando.

Além deles, outras 389 recepcionistas vão reforçar orientação e atendimento ao público. A medida tem por objetivo evitar grandes filas e aglomeração.

Segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, as filas nas agências do banco ocorrem porque os beneficiários do Programa Bolsa Família e os informais sem conta demandam atendimento pessoal.

A Caixa informou que está em contato direto com as prefeituras com objetivo de fechar parcerias para atendimento à população e divulgação de informações.

Potirendaba

Na semana passada a Gazeta do Interior mostrou a reclamação de usuários sobre a Caixa Federal em Potirendaba. Na agência, apenas um funcionário atende e orienta os clientes na entrada.

Pelo fato do aplicativo desenvolvido para o Auxílio Emergencial não estar funcionando, os usuários procuram direto a agência para poder sacar o benefício e tirar dúvidas. Consequentemente, filas enormes tem se formado na frente dos bancos e as pessoas são obrigadas a esperar, por horas, de baixo de sol forte ou até mesmo na chuva.

Após a reportagem, quatro tendas foram instaladas em frente à Agência de Potirendaba para abrigar os clientes nesta segunda-feira (04/05). Logo que abriu já era intenso o movimento no banco de Potirendaba para informações e saque do benefício.

Em São José do Rio Preto, a agência da Rua Bernardino de Campos abriu neste último domingo (03/05), com a intenção desafogar os atendimentos durante a semana, porém, uma fila gigantesca se formou na frente do banco.

Leitores filmaram e enviaram imagens mostrando a fila que dobrava o quarteirão e contornava outras duas ruas, além da Bernardino. Todos relatam a dificuldade em acessar o aplicativo para transferências e pagamentos de contas.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Covid-19 Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts