“BBB sem espiadinha”: Após denúncia da Gazeta, prefeitura conserta Central de Monitoramento de Potirendaba que deveria ser 24 horas, que não funciona e mantém guardas de ‘enfeite’

Posted by at 6:18 Comments Print

Oito das dez pessoas ouvidas pela Gazeta do Interior não sabem para que serve a Central de Monitoramento 24 horas instalada na praça da Matriz de Potirendaba. Um projeto que custou mais de R$ 60 mil e que de acordo com funcionários da Guarda Municipal, não está funcionando e o monitoramento é apenas na teoria.

No fim do mês de dezembro, a coordenadora da administração da prefeitura, Lucimara Maluf, enviou para a redação do jornal um pedido para que fosse feita uma matéria falando sobre a segurança da cidade. No documento ela destacava que Potirendaba é um dos poucos municípios do Estado e o único da região de circulação da Gazeta a ter um sistema de monitoramento por câmeras 24 horas.

Em atendimento ao pedido da funcionária, nossa produção foi às ruas saber como funciona esse sistema e quais os benefícios, porém, o que encontramos foi depredação de patrimônio, desperdício de dinheiro público e equipamentos instalados, aparentemente, só para falar que tem.

A praça de lazer do bairro José Afonso Amato é um dos locais onde há uma câmera instalada. Em março de 2011 nossa reportagem mostrou que dois banheiros existentes ali estavam sendo destruídos por vândalos.

Porém, além dos banheiros que foram pichados e depredados, os criminosos quebraram a única câmera que fazia o monitoramento e ainda enfiaram um pedaço de madeira debaixo dela, prova de que não está mais em funcionamento. O equipamento como o instalado na praça possuía sistema infravermelho e custa de R$ 120 a R$ 200.

O investimento total do projeto que está parado foi do convênio com a Caixa Econômica Federal e custou, segundo a prefeitura, R$ 62 mil.

Nossa equipe percorreu ainda as oito entradas da cidade para ver onde há câmeras instaladas. Apenas em quatro, das oito existem equipamentos. Na saída para Cedral, Bady Bassitt, Nova Aliança e Ibirá existem vigilância, mas nas saídas para a cidade de Mendonça (SP), bairro Vila Nova, Água Vermelha e Cana do Reino nenhuma são monitoradas.

Na base que fica instalada na praça Matriz da cidade e que foi inaugurada em março de 2011, há vários monitores, onde Guardas Municipais deveriam acompanhar as telas em tempo real. Em duas noites, nossa produção foi à unidade e constatou que apenas uma, das seis telas, estava funcionando. Tela essa que mostrava imagem de uma única câmera.

No início de dezembro nossa reportagem recebeu uma ligação anônima de um dos agentes que realiza o monitoramento pedindo para que fosse feita uma reportagem denunciando que no local nada funciona e que nem curso de monitoramento eles receberam. “A gente fica lá só de enfeite. Nenhuma câmera funciona. Eles (prefeitura) estão tirando a gente de cuidar da segurança das ruas, para ficar olhando para televisões apagadas”, disse o guarda que, por motivos de represálias, implorou para não ser identificado.

Em nota, a prefeitura de Potirendaba disse que a Central auxilia muito no policiamento preventivo do município, pois todas as entradas e saídas da cidade estão sendo monitoradas 24 horas, desta forma inibe a ação de delinquentes, identifica os mesmos e auxilia na prestação de socorro em caso de acidente. Situação inversa encontrada por nossa equipe, pois em apenas quatro das oito entradas há câmeras.

Questionada sobre a preparação dos agentes, a prefeitura disse ainda que todos os Guardas Municipais receberam instruções pelos técnicos da empresa no ato da instalação da Central e recebem, periodicamente, caso haja inovação no sistema. Além do mais, recentemente receberam um treinamento do Curso de Aperfeiçoamento.

Após denúncia da Gazeta

Após essa matéria ser publicada na edição impressa da Gazeta no mês de janeiro, a prefeitura de Potirendaba começou um “pente fino” nas câmaras da cidade. Uma empresa terceirizada foi contratada para consertar o que não estava funcionando.

(Fotos: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts