Bandidos invadem residência e fazem casal refém em Uchôa

Posted by at 12:00 Comments Print

Diogo De Maman

diogo@gazetainterior.com.br

Dois ladrões invadiram uma casa e fizeram um casal refém no início da noite de ontem (26), no centro da cidade, em Uchôa.

A ação dos criminosos começou por volta das 20h30, quando a mulher G.B, de 53 anos, abriu a porta para conferir se a luz da varanda estava acessa. No momento ela foi surpreendida por dois ladrões que empurraram a porta e entraram na residência.

Os assaltantes amarraram à mulher e o marido A. B, 70 anos, com uma fita adesiva. A dupla juntou vários pertences da família como Tv, roupas e até um cofre. Enquanto os ladrões agiam dentro da casa, do lado de fora esperavam duas mulheres num veículo golf de cor preta, com placa de São José do Rio Preto, para dar cobertura, mas o movimento suspeito acabou despertando a atenção de um vizinho que chamou a polícia.

Ao separar tudo que iria levar, um dos assaltantes saiu da casa e foi até a rua chamar o carro que o aguardavam. Ao perceber a presença dos policiais, o ladrão retornou a residência e avisou o seu parceiro que imediatamente fugiram pelos fundos da casa. A. B percebeu a fuga dos bandidos e foi até a rua para pedir socorro. A polícia que se encontrava a poucos metros do local socorreu a vítima e puderam confirmar que as duas moças suspeitas faziam parte da quadrilha, pois, elas negavam qualquer hipótese de crime e disseram que eram simplesmente namoradas.

Imediatamente os polícias chamaram reforços e iniciaram uma busca atrás dos criminosos. A busca se concentrou no bairro Jardim Alvorada, devido aos latidos dos cães e pela facilidade de fuga devido a grande quantidade de mata no local.

Por volta das 3h da manhã, um dos bandidos ligou no celular de uma das garotas. Os policiais com o auxilio do COPOM verificaram que o número partia de um orelhão no bairro São Miguel. Os policiais chegaram até o local e prenderam próximo do telefone Willker Peter Caetano, de 20 anos.

O rapaz confirmou que as moças Ellin Fernanda da Costa de Souza, de 22 anos e Cíntia da Silva Souza, de 29 anos, faziam parte da quadrilha. Os três foram encaminhados a delegacia, presos em flagrante por roubo e posteriormente encaminhados a DIG de São José do Rio Preto. O outro rapaz segue foragido.

A Polícia Militar suspeita que a quadrilha presa seria autora de três furtos realizado no sábado (18) na própria cidade. O golf foi apreendido e consta que ele foi utilizado em furtos nas cidades de São José do Rio Preto, Catanduva e Poloni.

PÓS ROUBO

Na manhã de hoje (27), G.B limpava a bagunça que os assaltantes fizeram na hora da fuga, quando utilizaram alguns vasos de planta para auxiliar a evasão. Quando ela encontrou um revólver calibre 38 com o número de série raspado. A arma foi apreendida pela polícia.

Segundo o filho do casal, Ricardo Botino, conta que o cofre que os bandidos pretendiam levar não tinha dinheiro e os pais estão assustados, mas passam bem.

O outro integrante da quadrilha segue foragido e acabou levando uma corrente de ouro de G. B, além de R$ 1.000 e um saco com moedas de troco.

No bairro Jardim Alvorada, a vizinhança olhava com desconfiança para qualquer pessoa que passava na rua. A população vem se queixando constantemente da falta de segurança que a cidade está passando e cobra soluções de autoridades.

Foto: Diogo De Maman

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts