Avanço do sarampo na região faz municípios reforçar vacinação contra a doença

Posted by at 8:49 Comments Print

Desde o último dia 18 que começou em todo o país a segunda fase da campanha nacional de vacinação contra a doença. Neste sábado (30/11/2019) acontece o dia D da campanha e adultos que já receberam a vacina mesmo na infância devem ir aos postos.

Se em um primeiro momento a iniciativa estava focada em crianças de 6 meses a menos de 5 anos, agora a vacina vai ser oferecida aos adultos de 20 a 29 anos.

A exceção fica para quem já se imunizou em decorrência do surto que acomete o país. O governo pretende aplicar a dose em 13,6 milhões de brasileiros.

O Ministério da Saúde está se concentrando nessa faixa etária porque as taxas de vacinação são especialmente baixas nos integrantes dessa turma e o esquema de aplicação era diferente (e menos eficaz) quando eles nasceram.

Municípios da região estão reforçando a campanha de vacinação contra o sarampo. O avanço da doença com várias mortes em todo o país e agora casos confirmados na nossa região tem preocupado autoridades de saúde.

Com o primeiro caso confirmado em Potirendaba, a preocupação e os cuidados com a doença no município são ainda maiores. Os estoques de vacina foram reforçados e a Vigilância Epidemiológica possui mais de 500 doses para que todo o público seja vacinado.

O caso foi confirmado pela Coordenadoria de Saúde de Potirendaba no dia 31/10. A menina de 1 ano felizmente não corre risco de morte.

De acordo com a Coordenadoria, a criança começou a sentir os sintomas, fez o exame e o laudo positivo da doença foi emitido pelo Instituto Adolfo Lutz. Os pais que eram de São José do Rio Preto, se mudaram há pouco mais de um mês para o bairro Santos Reis, em Potirendaba.

O município diz que a menina passa o dia em Rio Preto sob os cuidados de uma avó e só retorna à noite para Potirendaba, o que leva à crer que ela tenha contraído o vírus na cidade vizinha.

Na casa todos eram vacinados, exceto a criança que, devido ao quadro clínico de saúde, ainda não tinha recebido a dose. De acordo com o protocolo do Ministério da Saúde, crianças a partir de seis meses já devem receber a imunização.

A Coordenadoria de Saúde afirma que já realizou o bloqueio no bairro e que acompanha o caso. Em todo o Estado de São Paulo, desde que a doença se espalhou, 13 pessoas morreram até agora.

Desde 1997 que não havia morte por sarampo em São Paulo. Até o momento são 9.768 casos confirmados neste ano só no estado – 43,8% destas pessoas são do interior, litoral e região metropolitana.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts