Aumento na procura por gás de cozinha zera estoques em Potirendaba (SP)

Posted by at 13:02 Comments Print

O gás de cozinha já está em falta em distribuidoras de Potirendaba (SP) e também em cidades da nossa região. Segundo os revendedores, a grande procura pelo produto fez os estoques zerar no município.

Antes da pandemia do novo coronavírus, o revendedor, Josimar Farinassi, fala que vendia uma média de 200 botijões por semana, mas que devido à procura, só recebeu 50 botijões nesta última segunda (30).

“Eu comprava uma média de 200 botijões por semana e sobrava, porém eu fiz pedido ontem, vieram 50 botijões e não deu para quem quis. Tenho previsão de chegar só mais 50 botijões para quinte-feira”, diz.

Josimar que precisou criar uma lista de espera, fala que os moradores decidiram encher os botijões com medo de que o produto acabe.

“Tenho hoje umas 70 pessoas esperando por botijões e os que ainda vão chegar já estão todos reservados”, afirma.

Em outras revendas da cidade pesquisadas pela Gazeta o produto está em falta e não há previsão de chegar. O preço médio praticado na cidade varia entre R$ 65 e R$ 70, e, segundo os revendedores, até o momento não houve aumento no preço do produto.

“As Companhias de gás afirmam que o abastecimento está normal, porém a procura aumentou assustadoramente e elas (Companhias) não acompanharam a demanda. Então é importante que a população não entre em desespero e compre somente o necessário para não faltar para outras famílias”, finaliza Josimar.

Nossa reportagem constatou a falta do produto também na cidades de São José do Rio Preto. Na cidade a previsão é de que os estoques sejam normalizamos somente daqui 30 dias.

Em Uchoa a procura também está alta, mas alguns revendedores ainda possuem botijões. O preço médico praticado na cidade também varia entre R$ 65 e R$ 70.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior-arquivo)

Cidades Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts