Aumenta número de doadores e de transplantes de órgãos no Hospital de Base de S. J. do Rio Preto

Posted by at 15:52 Comments Print

O número de doadores e de transplantes de órgãos tem aumentado no Hospital de Base de São José do Rio Preto. O número de notificações mais do que dobrou nos últimos cinco anos, saltando de 50 em 2009, para 113 em 2014, um aumento de 20%.

Os médicos e profissionais da Fundação Faculdade Regional de Medicina (Funfarme) envolvidos no diagnóstico de doador, captação e transplante de órgãos e tecidos comemoram o crescimento importante de notificações de potenciais doadores e de órgãos captados.

Este aumento expressivo fez com que o H.B. passasse da 13ª posição, em 2009, para a 2ª posição no ano passado, entre as instituições que mais notificam doadores de órgãos e tecidos no Estado de São Paulo. Em 2009, a média foi de 3 notificações por mês. Em 2014, mais do que dobrou: média de 6,3 notificações/mês.

Para que estes resultados fossem alcançados, tem sido fundamental o empenho e a participação dos profissionais das UTIs do Hospital de Base de Rio Preto e Hospital da Criança e Maternidade, instituições que formam o complexo hospitalar da Funfarme, um dos maiores do interior do Estado de São Paulo. “Eles diagnosticam a morte cerebral e mantêm o potencial doador em condições ideais para o transplante”, explica Dr. João Fernando Picollo, Diretor Clínico do Hospital de Base de Rio Preto e coordenador do Serviço de Procura de Órgãos e Tecidos com atuação na região Noroeste do Estado.

Também aumenta muito o total de notificações feitas por outros hospitais

O aumento das notificações deve-se também ao verdadeiro “trabalho de formiguinha” que os profissionais da Funfarme têm realizado nos últimos anos, reunindo-se com as diretorias dos hospitais da região para sensibilizá-los e mobilizar suas equipes para avisar sobre a existência de doadores em potencial.

Como resultado, as instituições de Saúde que respondiam por menos de 8% das notificações de doadores de córneas, entre 1996 e 2009, no ano passado totalizaram 51% das notificações. Para alcançar estes resultados e ampliá-los, reuniões e treinamentos têm sido feitos, capacitando os profissionais das instituições de saúde na região.

Nos últimos cinco anos o aumento do número de órgãos transplantados também bastante expressivo, passando de 46 para 107, um aumento de 132%.

(Foto: Divulgação assessoria de imprensa Hospital de Base)

Saúde Últimas Notícias , , ,

Related Posts