Após condenação, assessor jurídico de Tabapuã é preso por prática de pedofilia

Posted by at 16:35 Comments Print

O tribunal de justiça de São Paulo confirmou sentença dada em primeira instância na última segunda-feira (9) que condenou o advogado e também assessor jurídico da prefeitura municipal de Tabapuã. André Luiz foi preso pela prática dos crimes de produção de fotos pornográficas e atentado ao pudor mediante fraude.

Segundo o Ministério Público, André foi denunciado pelo então promotor de Justiça, Landolfo Andrade de Souza em 2006, já que valendo-se da condição de advogado, teria iludido as vítimas, no caso, duas adolescentes de 14 anos para que com elas fossem produzidas fotos pornográficas.

Ainda segundo o MP, foram apresentadas provas de que o advogado usava o pretexto de que era necessária a realização de exame de corpo de delito para investigação de possível estupro praticado contra as vítimas. Também ficou comprovado, que o mesmo acariciou as adolescentes em suas partes genitais alegando averiguar se realmente ambas tinham sido estupradas.

A pena imposta pela justiça de Tabapuã foi de 8 anos e 8 meses de reclusão, no entanto, através de recurso André conseguiu redução para quatro anos e sete meses a ser cumprida em regime inicialmente fechado.

Através de nota, a prefeitura municipal de Tabapuã informou que o Prefeito municipal encontra-se em São Paulo e que assim que chegar irá se reunir com a assessoria jurídica para tomar as devidas providências.

Cidades Últimas Notícias , , , ,

Related Posts