Ar condicionado ou Aquecedor? Qual o melhor para usar no inverno

Posted by at 16:47 Comments Print

O Brasil é muito vinculado à ideia de um país tropical, mas se engana quem acha que só o calor predomina. O quinto maior país do mundo possui uma grande variedade de temperaturas e estações e até mesmo o simbólico Rio de Janeiro possui no seu entorno regiões serranas, as quais podem apresentar durante o ano, temperaturas que chegam a números baixíssimos.

Com a chegada do inverno, buscamos alternativas para manter a temperatura ambiente e fugir do frio em nossos lares. Por isso a preocupação em aquecer ambientes, sejam eles empresariais ou residenciais, está crescendo no Brasil. Por isso investir em aparelhos que aquecem o ambiente pode ser uma opção muito acertada para os dias mais frios, mas é aí que surge a questão: ar condicionado ou aquecedor?

Para tentar te ajudar na decisão, trouxemos algumas informações imprescindíveis sobre esses dois aparelhos eletrônicos, suas diferenças, vantagens e desvantagens, e qual é o melhor para ser utilizado.

Ao contrário do que muitos pensam, o ar-condicionado, como o próprio nome sugere, atua no condicionamento do ar, ou seja, ele adapta as condições climáticas de um ambiente, seja refrigerando ou aquecendo. Por isso, trata-se de uma boa ferramenta para substituir aquecedores convencionais durante o período de inverno. O aquecedor por sua vez, é um aparelho utilizado para realizar o aquecimento do ar de um determinado ambiente.

Diferenças

  • Uso: os ares-condicionados possuem muito mais funções do que os aquecedores. Ainda que seu uso primário seja manter a temperatura ambiente agradável, eles também podem ser utilizados para refrigerar ou para aquecer. Já os aquecedores têm apenas a função de esquentar um ambiente, não sendo, portanto, tão versáteis.
  • Controle: os aquecedores não permitem um controle sobre a temperatura total do ambiente, enquanto os ares-condicionados fornecem muito mais controle ao usuário.
  • Abrangência: os aparelhos de ar-condicionado são ideais para ambientes mais amplos, pois conseguem ter mais abrangência. Já os aquecedores são mais recomendados para locais menores, já que implicam a concentração de calor em uma pequena área.
  • Custo-benefício: utilizar ares-condicionados acaba sendo uma relação de custo-benefício mais vantajosa do que os aquecedores. Isso porque, além de apresentarem mais funções, eles captam o ar externo, aquecem ou refrigeram e substituem pelo ar do ambiente. Já os aquecedores não fazem esse processo, ou seja, apenas realizam mais concentração de calor.

Vantagens

As principais vantagens dos ares-condicionados são:

  • Com apenas um aparelho, você terá diversas funções à disposição.
  • Podem ser utilizados em qualquer estação do ano.
  • Servem tanto para aquecer quanto refrigerar e para manter uma temperatura estável.
  • Seu custo-benefício.
  • São ideais para quem tem problemas respiratórios e alergias.

As principais vantagens dos aquecedores são:

  • Não é preciso fazer nenhuma obra para sua instalação.
  • Seu transporte é muito mais fácil: são levados para qualquer cômodo da casa.
  • Quando não precisam ser utilizados, podem ser guardados de maneira simples.
  • Sua ação é rápida, deixando a temperatura ambiente mais quente em poucos minutos.

Qual opção é melhor para utilizar no inverno?

Os dois aparelhos possuem seus pontos positivos e negativos, ficando a critério do consumidor escolher a opção que melhor atende suas necessidades. Em termos gerais, os ares-condicionados são mais vantajosos, principalmente porque podem ser utilizados não somente no inverno, mas também em outras estações do ano.

(Foto: Divulgação)

Economia Últimas Notícias , , ,

Related Posts