Após reportagem da Gazeta alambrado de escola é consertado, porém insegurança continua

Posted by at 14:10 Comments Print

Poucas horas após a Gazeta do Interior solicitar reposta à prefeitura de Potirendaba, o alambrado da escola Vitório Botaro foi consertado. Na manhã desta sexta-feira (21), nossa equipe voltou à unidade onde um homem teria entrado e assediado sexualmente uma menina de apenas 10 anos, mas apenas a tela foi consertada.

Homem é suspeito de entrar em escola de Potirendaba e assediar criança sexualmente

Porém o que não mudou foi a falta de segurança em torno da instituição. Novamente nossa reportagem não avistou nenhum agente da Guarda Municipal e muito menos inspetores de aluno ou funcionários da escola nos portões durante a entrada dos alunos.

Uma criança de apenas 10 anos relatou à mãe que o homem mostrou o órgão genital à criança há cerca de 20 dias próximo da quadra de esportes da unidade. A menina então teria saído correndo e pedido ajuda, mas o autor até agora não foi localizado.

Em nota enviada ontem, a Coordenadoria de Educação afirmou que não há qualquer denúncia sobre o caso, porém não disse se reforçaria a segurança da escola e muito menos se acompanharia o caso. Nesta sexta-feira nossa reportagem cobrou novamente a prefeitura de Potirendaba sobre a fiscalização da Guarda Municipal e a falta de inspetor de alunos na entrada da instituição, mas fomos informados pela assessoria de imprensa da prefeitura que a resposta é a que foi dada ao jornal na última reportagem.

A Gazeta do Interior vai continuar cobrando providências sobre a segurança da escola e também do suposto assédio contra a criança.

(Foto: Alex Henrique/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts