Após pressão popular Câmara de Bady Bassitt rejeita projeto de aumento de cargos e criação de tarifa de lixo

Posted by at 20:15 Comments Print

Depois de grande pressão popular a Câmara dos vereadores de Bady Bassitt rejeitou nesta quarta-feira (21/12) os projetos do Executivo para criação de cargos e de implantação de tarifa de lixo na cidade. A votação aconteceu em sessão extraordinária.

Mesmo sendo às 10h da manhã, mais de 60 pessoas lotaram o plenário do legislativo para manifestarem indignação com os projetos. A estratégia dos vereadores em querer uma sessão vazia não deu certo.

Pressionados, oito dos nove parlamentares votaram contra. A única que não votou foi a vereadora Célia do Doca, cunhada do atual vice-prefeito, Luiz Antônio Tobardini e prefeito que foi eleito para 2017, porque faltou à sessão.

Conforme a Gazeta mostrou no Portal e na edição impressa deste mês de dezembro, Edmur e Tobardini criaram os projetos após as eleições municipais. Um dos projetos seria a implantação da tarifa para coleta de lixo na cidade e o outro seria a criação de novos cargos para o executivo que já tem mais de 800 funcionários.

(Foto: Divulgação)

 

Destaques Política Últimas Notícias , ,

Related Posts