Apenas 63% dos grupos de risco vacinaram contra a gripe em Potirendaba

Posted by at 10:52 Comments Print

Apenas 63,4% da população do grupo de risco está imune contra a gripe em Potirendaba. A meta da Campanha Nacional era vacinar 90%, mas nem mesmo depois de ser estendida ela foi atingida.

A menor procura está entre pessoas com algum tipo de comorbidade. Das 1.266 pessoas, apenas 604 se imunizaram, ou seja, 47,71%.

Entre os idosos a vacinação também está bem abaixo da média. Dos 2.445, só 1.581 foram imunes, ou seja, 64,66%.

Quem ultrapassou a meta foram os professores do ensino básico e superior. Dos 173 profissionais, 166 já estão vacinados, ou seja, 95,95%.

Nas demais cidades de circulação do jornal a procura também não está satisfatória. A média total dos grupos varia entre 65% e 80%.

Popularmente conhecida como Gripe Suína ou Gripe A, a Gripe H1N1, assim como a gripe sazonal, pode variar de branda a grave na questão intensidade. De 2005 a 2009 houve apenas 12 casos da doença nos Estados Unidos, porém nos anos de 2009 e 2010 houve uma pandemia extremamente grave.

O surto global teve início no México, em 2009, expandindo-se posteriormente para a América do Norte, Europa e Oceania. Em abril daquele mesmo ano, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou que a epidemia era uma “emergência na saúde pública internacional”, isto é, todos os países do planeta estavam sujeitos a doença.

Todas a Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) de Potirendaba tem doses da vacina disponíveis. Estes locais ficam abertos até às 17h incluindo a unidade Central de Saúde.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , ,

Related Posts