Agulhas e seringas descartadas de forma irregular põem em risco vida de crianças em praça de Potirendaba

Posted by at 18:46 Comments Print

Um depósito irregular de lixo hospitalar nos fundos de um Posto de Saúde de Potirendaba está colocando em risco a vida de crianças que brincam próximas do local. Dentro do espaço existem agulhas, seringas e vários outros materiais que foram utilizados em pacientes do bairro Jardim das Hortênsias.

A unidade de saúde fica em uma praça e não existe muro ou alambrado que cerque o local. Durante todo o dia, o movimento de crianças e pessoas por alí é grande.

Nossa equipe esteve no local neste domingo (7), depois que uma mulher que preferiu não se identificar ligou para nossa redação. Ela diz que não tem filhos, mas que fica preocupada em uma criança se contaminar naquele lixo.

O depósito fica trancado com cadeado, mas a lata de uma das portas está quebrada. No momento em que nossa reportagem estava fotografando, seis crianças brincavam perto do lixo. Um menino de sete anos que havia guardado a camiseta e o chinelo junto ao material, disse que deixou alí para brincar de esconde-esconde.

Perguntamos então se ele sabia do risco que aquelas agulhas e seringas apresentavam a eles. Na inocência de criança, um deles então respondeu. “A gente até pegou esses dias para brincar de médico. Então não pode brincar com isso, tio”, questionou.

Afirmamos que aquele material foi usado em pacientes e pode estar contaminado com alguma doença que pode até matar. Dentro do depósito existem três caixas coletoras de objetos perfurocortantes, duas sacolas com luvas, máscaras e vários outros lixos, além de agulhas e seringas espalhadas pelo chão.

O Posto de Saúde passou por reforma e aparentemente já está pronto para ser entregue. As crianças utilizam a praça da unidade por ser o único ponto de lazer mais próximo da casa delas.

Em nota, a prefeitura de Potirendaba disse que a empresa Constroeste foi contratada através de processo licitatório para a realização do descarte correto do lixo hospitalar. Quanto ao PSF citado na reportagem, trecho da nota diz que o local ainda está em reforma e a previsão de entrega da obra é para abril de 2015.

Sobre a denúncia do lixo hospitalar encontrado por nossa equipe, a prefeitura informou que já foi retirado e encaminhado para a empresa especializada.

(Fotos: Luiz Aranha/Gazeta do Interior)

Cidades Destaques Últimas Notícias , , ,

Related Posts