A importância da Educação Inclusiva nas escolas

Posted by at 11:53 Comments Print

Entenda como funciona o processo e a diferença entre os modelos educacionais

O processo educacional é uma fase fundamental na vida de toda criança e que irá refletir no comportamento futuro dela. Esse período é caracterizado pelo primeiro contato social depois da família e, por isso, é tão importante no que diz respeito à formação do caráter desses indivíduos ainda na infância. É no ambiente escolar onde aprendemos a lidar com as diferenças.

Por conta disso, a Educação Inclusiva hoje vive um novo tempo. Afinal, ela assegura a todos a igualdade de condições para o acesso e a permanência na escola, sem qualquer tipo de discriminação entre os estudantes, com todos tendo o mesmo tipo de aprendizado e ocupando o mesmo espaço de convivência. Mas essa é uma realidade na qual os educadores se encontram e sentem-se, muitas vezes, despreparados quando a questão é trabalhar com alunos que têm algum tipo de deficiência. Ainda mais quando nos referimos à Educação Especial, tão difícil de ser aplicada.

Educação Inclusiva x Educação Especial

Embora os dois modelos de Educação tratem de pessoas com deficiências, as abordagens são divergentes e as aulas são lecionadas em locais diferentes. Vamos entender as divergências entre os dois tipos?

  • Educação Inclusiva

Como o próprio nome diz, a Educação Inclusiva tem a ideia de uma sociedade de inclusão e amplia a participação de todos os estudantes nos estabelecimentos de ensino regular, sendo eles deficientes ou não. No Brasil, a Política Nacional de Educação Especial, na Perspectiva da Educação Inclusiva, assegura acesso ao ensino regular a alunos com deficiência diversificada, desde a educação infantil até à educação superior. Essa opção, no entanto, não significa negar as dificuldades dos estudantes. O objetivo, com a inclusão, é mostrar as diferenças não como problemas, mas como diversidade. É essa variedade, a partir da realidade social, que pode ampliar a visão de mundo e desenvolver oportunidades de convivência a todas as crianças.

  • Educação Especial

A Educação Especial, por sua vez, se ocupa do atendimento e da educação de pessoas com deficiência. Algumas escolas dedicam-se apenas a um tipo de necessidade, enquanto que outras se dedicam a vários. Embora o ensino especial seja alvo de críticas de alguns especialistas por não promover o convívio entre as crianças especiais e os demais indivíduos, por outro lado, o colégio direcionado para esse modelo possui materiais, tecnologias e equipamentos voltados exclusivamente para esse público, o que caracteriza em algumas vantagens para o estudante.

O que uma escola precisa ter para ser Inclusiva?

Embora seja um modelo cada vez mais crescente de educação, ainda não é tão comum vermos escolas inclusivas pelo país afora. Neste caso, para saber o que é preciso ter para um sistema educacional ser considerado verdadeiramente inclusivo, ele precisa:

  • Ter profissionais especializados em Educação Especial (intérprete, professor de Braille, professor de Libras, etc);
  • Reconhecer que todas as crianças podem aprender, com foco nas competências dos alunos e não em suas limitações;
  • Reconhecer e respeitar diferenças nas crianças de idade, sexo, etnia, língua, religião, deficiência/inabilidade, classe social, estado de saúde;
  • Permitir que as estruturas, sistemas e metodologias de ensino atendam às necessidades de todas as crianças;
  • Fazer parte de uma estratégia mais abrangente de promover uma sociedade inclusiva;
  • Ser um processo dinâmico em evolução constante, debatendo os desafios da inclusão em sala de aula com toda a equipe;
  • Não ser restrito ou limitado por salas de aula numerosas nem por falta de recursos materiais;
  • Conectar as ações de inclusão no cotidiano escolar e também fora das salas de aula.

Sabemos que não é uma tarefa fácil para as escolas. Na verdade, é um desafio diário das instituições que se comprometem seriamente com um modelo de educação inclusivo. Porém, não deixa de ser válido lutar por uma sociedade mais igualitária. Afinal, a formação durante a fase escolar vai dizer muito do futuro dos nossos jovens brasileiros.

(Foto: Divulgação)

Destaques Últimas Notícias ,

Related Posts