9º dia de greve: Indústrias da região paralisam atividades

Posted by at 12:27 Comments Print

Indústrias da região tiveram que parar suas produções devido ao 9º dia de greve dos caminhoneiros em todo o Brasil. Pelo menos 800 funcionários estão em casa nesta terça-feira (29/05/2018), por falta de serviço.

Em dias normais, um frigorífico de Nova Aliança chega a abater uma média de 77 mil aves que são vendidas para para o estado de São Paulo. Por já não ter como transportar a produção, a indústria reduziu esse número para 50 mil aves, porém, nesta terça-feira as atividades foram paralisadas.

Segundo o gerente administrativo da empresa, José Cláudio dos Santos, cerca de 400 funcionários estão parados porque não tem mais onde estocar a mercadoria. “Estamos com o estoque muito alto e não temos mais como entregar por falta dos caminhões que estão parados nos bloqueios da greve. De amanhã em diante ainda vamos avaliar se vamos continuar abatendo ou não”, afirma.

Na tarde desta última segunda-feira (28/05), um comunicado de uma indústria de refrigerantes de Potirendaba circulou nas redes sociais sobre a paralisação das atividades. Devido à dificuldade em receber insumos e matéria-prima, a empresa disse que nesta terça não teria expediente nos departamentos industrial, logística e de apoio.

Caminhões e carretas que realizam o transporte dos produtos para Potirendaba estão paradas em pontos de bloqueio por todo o país. Na indústria, cerca de 400 funcionários também não foram trabalhar nesta terça.

(Foto: Luiz Aranha/Gazeta do Interior-arquivo)

Destaques Economia Últimas Notícias , , , , ,

Related Posts